Covid-19: Brasil chega a 59.594 mortes e 1,4 milhão de casos desde o início da pandemia

Ministério da Saúde confirmou 1.280 óbitos e 33.846 infectados nas últimas 24 horas; governo federal estima que 790.040 estão recuperados

O Ministério da Saúde confirmou mais 1.280 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas. Com os dados divulgados pela pasta, no início da noite desta terça-feira (30), o Brasil tem agora 59.594 mortes desde o início da crise sanitária. A taxa de letalidade, que é o percentual de óbitos entre os indivíduos doentes, é de 4,3%.

Brasil registra 59.594 mortes desde o início da crise sanitária – Foto: Divulgacão/NDBrasil registra 59.594 mortes desde o início da crise sanitária – Foto: Divulgacão/ND

Segundo a Universidade Johns Hopkins, referência mundial no monitoramento da pandemia, o Brasil ainda ocupa o segundo lugar em número absoluto de mortes. Os Estados Unidos, com mais de 126 mil óbitos, lideram o ranking.

No relatório apresentado nesta terça, a OMS (Organização Mundial da Saúde) estima que mais de 500 mil pessoas morreram em todo o mundo pela doença respiratória provocada pelo novo coronavírus.

Da segunda-feira (29) para esta terça, de acordo com o balanço do governo federal, as secretarias estaduais e municipais de saúde notificaram 33.846 novos casos da infecção.

Com isso, o contingente de diagnosticados com a doença foi para 1.402.041 —segundo maior entre as nações com registros do novo vírus. Do total, 790.040 já estão recuperados.

Leia também:

O Ministério da Saúde calcula que 552.407 casos continuam ativos no Brasil, 39,4% do total acumulado desde o início da pandemia. Além disso, há 3.950 óbitos em processo de investigação epidemiológica.

Veja a situação em cada estado do Brasil

  • São Paulo: 281.380 casos (14.763 mortes)
  • Rio de Janeiro: 112.611 casos (10.080 mortes)
  • Ceará: 108.699 casos (6.146 mortes)
  • Pará: 103.206 casos (4.920 mortes)
  • Maranhão: 80.451 casos (2.048 mortes)
  • Bahia: 73.307 casos (1.853 mortes)
  • Amazonas: 70.823 casos (2.823 mortes)
  • Pernambuco: 58.858 casos (4.829 mortes)
  • Distrito Federal: 49.218 casos (587 mortes)
  • Paraíba: 46.957 casos (977 mortes)
  • Espírito Santo: 46.893 casos (1.648 mortes)
  • Minas Gerais: 45.001 casos (965 mortes)
  • Alagoas: 35.962 casos (1.052 mortes)
  • Rio Grande do Norte: 30.287 casos (1.034 mortes)
  • Amapá: 28.492 casos (417 mortes)
  • Rio Grande do Sul: 26.941 casos (614 mortes)
  • Santa Catarina: 26.354 casos (341 mortes)
  • Sergipe: 25.411 casos (676 mortes)
  • Goiás: 24.381 casos (474 mortes)
  • Paraná: 22.877 casos (649 mortes)
  • Rondônia: 21.251 casos (518 mortes)
  • Piauí: 20.422 casos (663 mortes)
  • Mato Grosso: 15.636 casos (593 mortes)
  • Roraima: 14.641 casos (283 mortes)
  • Acre: 13.253 casos (365 mortes)
  • Tocantins: 10.764 casos (200 mortes)
  • Mato Grosso do Sul: 7.965 casos (76 mortes)

+ Saúde