Covid-19: mães denunciam filhos que vão a festas para secretário em Joinville

Segundo Jean Rodrigues, titular da Saúde, ele recebe vídeos de pais e mães que mostram a aglomeração dos filhos em festas

Com a saúde em colapso, sem leitos de UTI disponíveis para adultos no SUS, as autoridades de Joinville têm reforçado o alerta para que os jovens não participem de aglomerações ou festas clandestinas, que estão restritas para evitar a contaminação pelo coronavírus.

Reestruturação da rede pública de saúde foi anunciada em coletiva – Foto: Rogério da Silva/PrefeituraReestruturação da rede pública de saúde foi anunciada em coletiva – Foto: Rogério da Silva/Prefeitura

Apesar disso, o problema continua e, inclusive, chega aos ouvidos, ou melhor, à tela do celular do secretário de Saúde, Jean Rodrigues. Segundo ele, todos os fins de semana chegam até ele imagens vindas dos pais e mães denunciando a aglomeração dos próprios filhos em festas.

A prefeitura, segundo Jean, intervém a partir da fiscalização. Mas com a reincidência na saída dos jovens, ele se indigna. “Quando um pai ou uma mãe não conseguem segurar um filho, o poder público tem que fazer ação de polícia?”, fala.

Para Jean, o maior desafio da pandemia tem sido o cultural, que envolve fazer as pessoas entenderem a importância de seguir as restrições. A prefeitura, inclusive, alerta para o aumento dos casos graves envolvendo pessoas mais jovens.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Saúde