Covid-19: vacina de Oxford oferece “forte” resposta imune

Imunizante fabricado em parceria com o laboratório AstraZeneca é um dos pioneiros na corrida contra o novo coronavírus

A vacina de Oxford, fabricada por pesquisadores da Universidade de Oxford em parceria com o laboratório AstraZeneca, teve sucesso na resposta imunológica, segundo análise.

Ela é uma das pioneiras na corrida para produzir um imunizante contra a Covid-19. As informações são do jornal The Independent.

Seriedade no tratamento da vacina contra a covid19 – Foto: Divulgacão/Paulo Alceu/ND

A vacina é feita com um vírus de resfriado comum, adenovírus, dos chimpanzés, e exclui cerca de 20% das instruções do vírus, o que significa que é impossível causar doenças em humanos.

O foco da análise foi avaliar com que frequência e precisão a vacina está copiando e usando as instruções genéticas que detalham como fazer a proteína spike do coronavírus e SARS-CoV-2, que causa a Covid-19.

Assim que a proteína spike é produzida, o sistema imunológico reage e identifica a infecção por Covid-19.

“Este é um estudo importante, pois somos capazes de confirmar que as instruções genéticas que sustentam esta vacina são seguidas corretamente quando entram em uma célula humana”, disse David Matthews, especialista em virologia da Universidade de Bristol , que liderou a pesquisa.

O estudo de sua equipe não foi revisado por outros cientistas, mas publicado como uma pré-impressão antes da revisão.

Sarah Gilbert, professora de vacinologia da Universidade de Oxford e líder no ensaio da vacina na instituição de ensino, acrescentou: “Este é um exemplo maravilhoso de colaboração interdisciplinar, usando nova tecnologia para examinar exatamente o que a vacina faz quando entra em uma célula humana”, destacou.

+

Saúde