Covid-19: veja a lista de Estados que adotaram o lockdown

Além de Santa Catarina, os Estados de São Paulo, Bahia e Piauí decretaram medidas para tentar conter avanço da doença

Com mais de 250 mil pessoas mortas pelo novo coronavírus no país e mais de 10 milhões de casos confirmados da doença, conforme os dados do Ministério da Saúde, o governo de Santa Catarina decretou lockdown total durante o próximo fim de semana.

O termo lockdown é uma expressão em inglês que pode ser traduzido para o português como “confinamento” ou “fechamento total”.

O cenário após o “lockdown parcial” em Chapecó: ruas desertas e lojas do centro da cidade fechadas – Foto: Willian Ricardo/NDO cenário após o “lockdown parcial” em Chapecó: ruas desertas e lojas do centro da cidade fechadas – Foto: Willian Ricardo/ND

As medidas restritivas ocorrem a partir das 23h desta sexta-feira (26) e até as 6h de segunda-feira (1º). Além de Santa Catarina, outros estados brasileiros como São Paulo e Bahia já anunciaram a medida para tentar conter a infecção da doença.

Em 2020, pelo menos 11 Estados registraram alguma medida de lockdown e ainda mantêm a medida. Veja as ações em alguns Estados:

Maranhão: o Estado foi o primeiro no país a implementar a medida que entrou em vigor em 5 de maio do ano passado.

Ceará: O isolamento social no Estado teve controle nas entradas e saídas da capital Fortaleza com fiscalização de órgãos estaduais e municipais. O Ceará ainda mantém a possibilidade de lockdown.

Pernambuco: o governador do Estado, Paulo Câmara (PSB), anunciou um rígido isolamento social em 16 de maio até o fim do mês. Houve ainda sistema de rodízio para restrição de circulação de veículos e pontos de fiscalização adotados.

Rio Grande do Norte: o governo do Rio Grande do Norte decretou a suspensão de eventos que tenham aglomeração e manteve as medidas de isolamento.

Pará: o governo paraense que já tinha decretado lockdown em 2020, em uma medida que durou de 7 a 24 de maio de 2020 decretou e manteve o estado de lockdown em pelo menos 17 cidades.

Piauí: decretou lockdown neste fim de semana de acordo com decreto do governador. A medida, tal qual em Santa Catarina, visa combater a propagação da Covid-19 no Estado e vai até 4 de março.

Amapá: Estado decretou lockdown dia 19 de maio e adotou rodízio de veículos para tentar conter o avanço da Covid-19.

Bahia: o governo da Bahia decretou lockdown no Estado a partir desta sexta (26) até a segunda-feira (1º) com fechamento de serviços, que ocorrerão de forma escalonada.

São Paulo: o governo de São Paulo anunciou a partir desta sexta-feira (26) o lockdown no Estado das 23h às 5h. A medida vai até 14 de março. Somente os serviços essenciais poderão funcionar durante este horário.

Rio de Janeiro: o governador em exercício do Rio de Janeiro, Cláudio Castro não pensa em realizar um lockdown devido ao novo coronavírus e anunciou no fim do ano passado uma testagem em massa para tentar conter o avanço da doença.

Distrito Federal: o governador Ibaneis Rocha, do Distrito Federal determinou o lockdown a partir da próxima segunda-feira (1º) das 20h às 5h. A medida visa conter o avanço no novo coronavírus. Segundo o governador, a taxa de ocupação de leitos no Estado está em 92%.

Paraná: o governador do Paraná anunciou medidas mais rigorosas para conter o avanço da Covid-19 no Estado como circulação de pessoas e funcionamento de atividades econômicas em municípios.

Rio Grande do Sul: o governador Eduardo Leite decretou nesta semana ‘bandeira preta’ no Estado, algo bem próximo a um lockdown e confirmou que segue valendo o decreto de suspensão geral das atividades não essenciais diariamente, entre 20h e 5h.

+

Saúde