Covid-19: veja o que pode e o que não pode no Planalto Norte de SC

Resolução assinada pelos 13 municípios da região traz uma série de medidas restritivas, como funcionamento de estabelecimentos e quantidade de público em restaurantes

Os 13 municípios que compõem o Planalto Norte catarinense assinaram na quarta-feira (13) uma resolução que define novas medidas restritivas para região.

O documento vai de encontro com o estabelecido pelas portarias do governo do Estado e atual situação da região, segundo a matriz de risco da Covid-19.

Resolução permite que parques aquáticos funcionem com 50% da capacidade de público – Foto: Pixabay/Reprodução NDResolução permite que parques aquáticos funcionem com 50% da capacidade de público – Foto: Pixabay/Reprodução ND

A decisão foi tomada em conjunto após reunião da Comissão de Intergestores Regional de Saúde do Planalto Norte Catarinense e é válida até o dia 19 de janeiro. Caso os municípios não sigam as medidas, o motivo deverá ser informado junto a comissão.

Confira as novas medidas para região:

  • Ficam liberadas para o funcionamento as lanchonetes, padarias/confeitarias, food-trucks (ambulantes), bares, conveniências (em postos de gasolina ou não), tabacarias, espaços públicos e similares, restaurantes e pizzarias com 50% da capacidade total e até às 23h, permitindo a permanência até às 00h;
  • Está permitida a apresentação musical, apenas com voz e violão ou similar, em bares às 23h. Bandas e danças no local estão proibidas;
  • Congressos, seminários e palestras podem ser realizados com até 30%;
  • Autorizada a prova de roupas no comércios da região;
  • Está liberado o funcionamento de salões de beleza e estética;
  • Academias, estúdios de dança, pilates, funcionais e escolas de natação estão autorizados a atuar com 30% da capacidade. Porém, as cidades estão autorizadas a reduzir o número, de acordo com os dados municipais, caso haja um risco elevado de transmissão;
  • Esportes individuais sem contato físico estão autorizados;
  • Já a prática de esporte coletivo, permanece proibida;
  • Ficam liberados para funcionamento os estabelecimentos que comercializam gêneros alimentícios, medicamentos e comércio em geral. Porém, recomenda-se algumas medidas:
    • Não entrada de crianças menores de 12 anos;
    • Não entrada de idosos nos supermercados;
    • Entrada de apenas uma pessoa por família.
  • Parques aquáticos podem funcionar com 50% da capacidade de público;
  • Atividades de comércio, bancos e lotéricas estão liberadas;
  • Atividades em indústrias também estão liberadas, mas com as seguintes determinações:
    • Adotar medidas internas, especialmente às relacionadas à saúde no trabalho, necessárias para evitar a transmissão do vírus;
    • Utilizar veículos de fretamento para transporte de trabalhadores, limitando a 70% a capacidade de lotação de cada veículo.
  • Cursos livres continuam liberados, cumprindo o distanciamento de 1,5m;
  • Cultos religiosos podem ser realizados com lotação máxima de 30%. Formato drive-in também está liberado;
  • Transporte coletivo urbano municipal, intermunicipal e interestadual, bem como de taxis e aplicativos, devem funcionar com 70% da capacidade de lotação;
  • Hotéis e pousadas estão liberados a funcionar com 30% da capacidade;
  • Velórios podem ter duração máxima de 6h nos casos que não são suspeitos e entre às 7h e 18h. Apenas 10 pessoas podem entrar no local, usando máscaras;
  • Obrigatório o uso de máscaras em todo o território;
  • Recomenda-se o isolamento domiciliar a todas as pessoas maiores de 60 anos, exceto para atividades consideradas essenciais;
  • Shoppings, centros comerciais e galerias também devem funcionar com apenas 50% da capacidade;
  • Teatros e cinemas estão liberados;
  • Ficam autorizados o funcionamento as aulas práticas com 50% da capacidade nos cursos técnicos, atividades de ensino presencial em estabelecimentos acadêmicos ou privados nas modalidades de ensino superior e pós graduação bem com aulas teóricas nas dependências do Detran e centro de formação de condutores, seguindo as portarias do Estado;
  • Retorno das aulas presenciais nas unidades de ensino público e privada retornarão após aprovação e homologação dos planos de de contingência.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Saúde

Loading...