Covid no Oeste: nova variante pode estar por trás de caos em Chapecó

Diretor técnico da Secretaria de Saúde de Chapecó, João Lenz, alerta que essa pode ser uma das possibilidades, assim como as aglomerações desnecessárias

Diante do aumento no número de casos da Covid-19 registrados nos últimos dias em Chapecó, no Oeste de Santa Catarina, algumas hipóteses são levantadas para explicar o significativo crescimento. Entre elas aparece a suspeita de novas variantes do vírus SARS-CoV-2.

Chapecó registrou aumento de casos nos últimos dias – Foto: NDTV/Reprodução/NDChapecó registrou aumento de casos nos últimos dias – Foto: NDTV/Reprodução/ND

O diretor técnico da Secretaria de Saúde de Chapecó, João Lenz, observa que o crescimento de casos pode estar relacionado às aglomerações desnecessárias e, também, à suspeita de que uma nova variante do coronavírus possa estar circulando. 

Segundo o diretor, uma nota da Vigilância Epidemiológica orienta que qualquer pessoa que tenha viajado para o Reino Unido, África do Sul e Amazonas e que tenha histórico de sintomas nos últimos 30 dias, deve passar por uma investigação especial. 

Nesses casos, amostras são encaminhadas para Florianópolis para verificar se essa variante já circula em Chapecó ou se não há relação direta com isso. Porém, de acordo com a Secretaria de Saúde, até o momento não foi confirmada nenhuma suspeita no município. 

Santa Catarina tem 21 casos suspeitos

De acordo com a Dive/SC (Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina), o Estado tem 21 casos sob suspeita de contaminação por novas variantes do vírus. Eles estão sendo investigados pelo Laboratório da Fiocruz, no Rio de Janeiro, que é referência para a doença no país.

A diretoria informou que só divulgará os nomes dos municípios se tiver a confirmação de novas variantes nos casos suspeitos. A Dive diz que não há previsão de chegada dos resultados.

Conforme o ofício com as orientações frente às novas variantes do vírus SARS-COV-2 publicado pela Dive, desde a identificação inicial o vírus sofreu inúmeras mutações.  A Diretoria não informou quais seriam as variantes investigadas no município. 

Até o momento, três variantes importantes foram identificadas, sendo elas no Reino Unido, na África do Sul e em Manaus (AM). Os casos que se enquadrarem em alguma dessas variantes deverão ser notificados ao SUS (Sistema Único de Saúde).

A SES (Secretaria de Estado da Saúde) foi procurada pela reportagem do ND+ para falar sobre os casos de suspeita e se existe um prazo para sair o resultado dos exames. Porém, não houve retorno até a publicação.

Covid-19 

Chapecó tem mais de 1,5 mil casos ativos de coronavírus, conforme o boletim epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde divulgado na quarta-feira (10). Em 24h foram confirmados 262 novos casos.

Desde março do ano passado, 18.051 pessoas tiveram diagnóstico positivo para coronavírus em Chapecó, sendo que 16.316 já se recuperaram da doença. Contudo, 145 chapecoenses morreram vítimas da Covid-19. Até então foram 43.634 testes com resultado negativo.

O número de pacientes ativos com a doença saltou de 1.381 para 1.590 em um dia (terça/quarta). “Esse número tende a aumentar visto que o número de coletas tem aumentado significativamente e a porção da última remessa de laudos positivos do Lacen foi de 54,8%”, informou a Prefeitura de Chapecó no último boletim.

Isso reflete na ocupação dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e enfermaria dos hospitais público e privado da cidade. Segundo o boletim dessa quarta, 105 pacientes estão internados em leitos das duas unidades hospitalares de Chapecó.

Desde janeiro deste ano, devido à superlotação das unidades, 85 pacientes já foram transferidos para leitos de outras cidades de Santa Catarina. Somente na terça-feira (9), cinco pessoas foram transferidas para outros hospitais, segundo a Secretaria Municipal de Saúde.

As transferências são feitas em ambulâncias e por um avião do Corpo de Bombeiros Militar de SC que está de plantão no Aeroporto Serafin Enoss Bertaso, em Chapecó. Os pacientes foram levados para Xanxerê, Lages, Videira, Itajaí, Maravilha, São Miguel do Oeste, Concórdia, Caçador, Joaçaba, Xaxim, Palmitos, São Carlos, São Lourenço do Oeste e Navegantes.

Acesse e receba notícias de Chapecó e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Saúde