De whisky a vodka: bebidas alcoólicas vão virar álcool 70° em SC; entenda

Apreendido pela Receita Federal, lote contém 3.679 unidades, que incluem também vinhos e garrafas de gin, com valor estimado em mais de R$ 185 mil; UFSC realizará o processo de transformação

Um lote com 3.679 garrafas de bebidas alcoólicas, apreendidas pela Receita Federal, terá um fim mais que oportuno. O lote foi repassado para a UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina) para que os líquidos sejam transformados em álcool 70° INPM.

Bebidas alcoólicas apreendidas pela Receita Federal serão transformadas em álcool 70° – Foto: Divulgação/Receita FederalBebidas alcoólicas apreendidas pela Receita Federal serão transformadas em álcool 70° – Foto: Divulgação/Receita Federal

Com valor estimado em R$ 185.089,65, o lote inclui garrafas de vinho, whisky, vodka, gin, além de outras bebidas alcoólicas. O repasse ocorreu no dia 26 de maio.

Fruto de apreensões feitas nos últimos meses, o produto será disponibilizado para a universidade, responsável por comandar a transformação. O álcool 70° será repassado a setores da UFSC e ao Hospital Universitário Polydoro Hernani São Thiago.

A procura por álcool para higiene aumentou durante a pandemia do coronavírus. Em março de 2020, foram observados o aumento do preço e a escassez do produto no mercado.

Repasse também aconteceu em 2020

Além desta doação, a Receita Federal repassou bebidas alcóolicas para serem transformadas em álcool 70°, para a universidade no mesmo período de 2020. No ano passado, foi enviado um lote com 3 mil unidades, que resultaram na produção de 1.495 litros de álcool.

+

Saúde