Decreto suspende nove atividades em São Miguel do Oeste; veja o que muda

Medidas anunciadas nesta quinta-feira (18) valem até 1º de março

São Miguel do Oeste publicou nesta quinta-feira (18), um decreto com novas restrições para conter a transmissão de Covid-19 no município do Extremo-Oeste de Santa Catarina. As medidas valem até 1º de março. As informações são do Portal Peperi

São Miguel do Oeste, no Extremo-Oeste de SC – Foto: Tiago Silva/Reprodução/NDSão Miguel do Oeste, no Extremo-Oeste de SC – Foto: Tiago Silva/Reprodução/ND

Confira o que fica suspenso até o fim de fevereiro:

  • As atividades de bares, petiscarias, choperias, cervejarias e congêneres;
  • A prática de atividades esportivas coletivas e recreativas;
  • As atividades religiosas presenciais em templos e igrejas;
  •  As atividades pertinentes a cinemas, teatros, shows, espetáculos, festas e demais eventos sociais que acarretem a aglomeração de pessoas;
  • O funcionamento de campings e áreas de lazer de associações, pesque-pagues e entidades afins;
  • A concentração e a permanência de pessoas em espaços públicos de uso coletivos, como parques, praças e afins;
  •  O funcionamento de casas noturnas;
  • O consumo de produtos em padarias, confeitarias, cafeterias e afins;
  •  As visitas às instituições de acolhimento.

Restaurantes e lanchonetes poderão atender de forma presencial somente para servir almoço, entre às 11h e 14h. Fora deste horário, apenas os serviços delivery ficam autorizados. Conveniências poderão atuar com retirada no local ou delivery, sem o consumo no estabelecimento.

Aulas 

O Comitê de Crise decidiu, na quarta-feira (17), que o município manterá o início das aulas presenciais para esta quinta. O órgão técnico entende que o modelo híbrido elaborado, com “tempo escola” e “ensino remoto” proporciona as condições de segurança necessárias para prevenção à Covid-19. As demais escolas da rede pública e particular de ensino também estão autorizadas a manter o calendário já estabelecido.

Acesse e receba notícias de Chapecó e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Saúde