Doença “misteriosa” mata um e leva centenas a hospital na Índia

Novos casos não têm relação com a Covid-19. O foco está na cidade de Eluru, onde vários casos foram relatados no fim de semana

Uma nova doença está se espalhando a partir do sul da Índia, de acordo com equipes médicas locais. Pelo menos uma pessoa já teria morrido, sendo que há mais de 200 outras internadas. As informações são do “The Indian Express“.

Doença misteriosa já fez uma vítima na Índia – Foto: Reprodução InternetDoença misteriosa já fez uma vítima na Índia – Foto: Reprodução Internet

A região seria o Estado de Andhra Pradesh, mas o foco está na cidade de Eluru. Vários casos foram relatados no fim de semana.

As autoridades do país negam a gravidade e tentam evitar pânico geral na população. No entanto, políticos de oposição argumentam que se trata de uma nova contaminação. Os sintomas seriam náuseas, convulsões e perda de consciência. Por enquanto, o governo investiga as causas, o que significa que as vítimas existem realmente.

Governo indiano confirmou que não se trata de Covid-19 – Foto: Reprodução InternetGoverno indiano confirmou que não se trata de Covid-19 – Foto: Reprodução Internet

Não é Covid-19

A ministra da Saúde do Estado, Alla Kali Krishna Srinivas, disse que todos os pacientes tiveram teste negativo para coronavírus. Esse é um dado preocupante. Vale lembrar que a Índia já enfrenta dificuldades na guerra contra a atual pandemia. É o segundo país no mundo com maior volume de Covid-19. 

“Descartamos a contaminação da água ou poluição do ar como causa depois que as autoridades visitaram as áreas onde as pessoas adoeceram. É uma doença misteriosa e apenas análises de laboratório revelarão o que é”, afirmou a ministra.

De acordo com o jornal, das 227 pessoas internadas, 70 receberam alta e outras 157 continuam no hospital.

“As pessoas que ficaram doentes, principalmente as crianças, de repente começaram a vomitar após reclamar de dor dos olhos. Alguns desmaiam ou convulsionam”, disse um médico do hospital público de Eluru ao “The Indian Express“.

+

Saúde

Loading...