Domingo: 910 pessoas tiveram sintomas de coronavírus em Chapecó

Ambulatório de Campanha do Centro registrou o maior número de atendimentos deste domingo

Os três pontos de atendimento de pacientes com sintomas do novo coronavírus registraram 910 consultas nesse domingo (14). O local que registrou a maior demanda foi o Ambulatório de Campanha do Centro, ao lado da Arena Condá, com 354 pacientes atendidos.

Filas ultrapassam a porta de entrada do ambulatório do ginásio Ivo Silveira. – Foto: Caroline Figueiredo/Arquivo/NDFilas ultrapassam a porta de entrada do ambulatório do ginásio Ivo Silveira. – Foto: Caroline Figueiredo/Arquivo/ND

Atendimentos:

  • UPA (Unidade de Pronto Atendimento), no Presidente Médici: 204 atendimentos
  • Ambulatório de Campanha Oeste, no Efapi: 352 atendimentos
  • Ambulatório de Campanha Centro, ao lado da Arena Condá: 354

Segundo os números divulgados nesta manhã de segunda-feira (15) pela Secretaria Municipal de Saúde, Chapecó tem 1.265 pacientes com suspeita de coronavírus, no entanto, ainda aguardam resultado de exames. 

A situação caótica é agravada pela falta de profissionais para atuarem nos atendimentos dos pacientes. No domingo, dois médicos foram contratados. Por outro lado, três foram afastados pois apresentaram sintomas gripais e positivaram para a Covid-19. A maioria está fazendo horas extras para dar conta da crescente demanda de atendimentos.

Unidades de saúde 

As 26 Unidades Básicas de Saúde, divididas em quatro núcleos (Sul, Norte, Oeste e Leste), também farão atendimentos a pacientes com sintomas de coronavírus.

Das 7h30 às 11h30, os locais vão atender a demanda geral (pediatria e consultas pré natais). À tarde, das 13h às 17h, as unidades vão atender somente pacientes com suspeita de Covid-19.

Acesse e receba notícias de Chapecó e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Saúde