Duas empresas de SC podem ter liberação para produzir respiradores nesta semana

Empresas de Jaraguá do Sul e Santa Cecília estão em processo final de liberação para fabricação e comercialização dos aparelhos

Duas empresas de Santa Catarina podem ser liberadas para fabricar e comercializar respiradores em meio ao combate à pandemia da Covid-19. A informação é divulgada após vir à tona a compra milionário de equipamentos ‘fantasmas’ feita pelo governo do Estado.

Equipamento foi aprovado em testes clínicos e aguarda avaliação da Anvisa – Foto: Reprodução/FacebookEquipamento foi aprovado em testes clínicos e aguarda avaliação da Anvisa – Foto: Reprodução/Facebook

A Bold, de Jaraguá do Sul, teve o equipamento aprovado em testes clínicos particulares e aguarda avaliação e homologação da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para potencializar a produção, estimada em 400 unidades por dia.

O protótipo foi desenvolvido em 30 dias e a empresa aguarda apenas a liberação para dar início à linha de produção.

Já a Autom, de Santa Cecília, já teve o sinal verde para produção e está em fase final de apresentação de documentos.

O diretor geral da Bold, Ralf Sebold, explica todo o processo de desenvolvimento do aparelho, respeitando as normas técnicas da OMS (Organização Mundial da Saúde).

Confira vídeo em que o diretor da Bold, Ralf Sebold, explica o processo de produção e liberação:

“Nós fizemos a certificação preliminar e ele foi aprovado. Fizemos a certificação de testes técnicos de bancada, que demonstraram que ele estava apto a fazer o primeiro teste clínico. Realizamos dois, um em Canoas, no Rio Grande do Sul, e outro em Jaraguá do Sul, e os dois certificaram o T20 como aparelho apto. Sobram papéis, mas faltam ventiladores”, ressalta.

O diretor faz ainda um apelo para que os processos de liberação sejam acelerados, para que as empresas possam iniciar a produção.

“Confiem na indústria nacional. Não podemos ligar a TV e ver os brasileiros morrendo sem ventiladores pulmonares”, finaliza.

De acordo com o senador Dário Berger, que participa da articulação estadual para viabilizar as licenças, as autorizações poderão ser liberadas nesta semana.

Caso a homologação seja confirmada, as empresas podem dar início à produção, que torna os equipamentos com preços consideravelmente inferiores aos importados.

Leia também:

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Blumenau e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Saúde

Loading...