Efeitos da pandemia: brasileiros têm se sentido mais solitários, aponta pesquisa

Uma pesquisa do instituto Ipsos apontou que, entre 28 países, o Brasil é o local onde as pessoas mais se sentem solitárias no período

Uma pesquisa do instituto Ipsos apontou que, entre 28 países, o Brasil é o local onde as pessoas mais se sentem solitárias durante a pandemia. De acordo com o levantamento Perceptions of the Impact of Covid-19, dos mil brasileiros entrevistados, 50% afirmaram se sentir solitários.

Para falar sobre o assunto, o SC no Ar desta terça-feira (1º) recebeu o pesquisador e psicólogo doutorado pela Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), Frederico DeNez. “Existe no ser humano o que nós chamamos de solidão estrutural e essa solidão sempre está marcando um espaço de falta, um vazio, que demanda de nós um preenchimento constante”, explicou o pesquisador.

Semana de – Foto: Pixabay/Reprodução/NDSemana de – Foto: Pixabay/Reprodução/ND

Para DeNez, o resultado da pesquisa não chega a ser uma surpresa, devido ao isolamento trazido pela Covid-19. “Agora, por conta desse isolamento, a gente percebe que essa necessidade de estar com o outro foi atravessada e estamos todos de certa forma perdidos, mas a gente compreende e percebe isso com outras lentes”, disse ele. O psicólogo alerta ainda que a solidão pode adoecer, “porque ela é uma sensação de abandono e desamparo, é uma falta de acolhimento”.

“De maneira prática, a melhor coisa é você procurar um profissional, para poder trabalhar adequadamente isso. Mas, para quem está em casa, uma das coisas mais importantes é ouvir a si mesmo. Falando de uma maneira simples, é você se olhar no espelho e perguntar: quem sou eu de fato? Por que eu sinto essa solidão? De que maneira eu gostaria de ser acolhido? (…) O autoconhecimento faz com que, através desse foco em perceber-se e perceber o outro, transforma-se numa potência de ação, numa vontade de estar de fato em contato pleno consigo e com o outro”, aconselhou DeNez.

Confira a entrevista completa!

+

SC no ar – Entrevistas