Em apenas oito dias, trigêmeos perdem mãe, tia e avó para a Covid-19

Órfãos Pedro, Paulo e Felipe, de cinco anos de idade, estão sob os cuidados do tio e da esposa em Votuporanga, interior de São Paulo

Em um intervalo de oito dias, os trigêmeos Pedro, Paulo e Felipe perderam a mãe, a tia e a avó por complicações da Covid-19 na cidade de Parisi, interior de São Paulo, apenas seis meses após perderem o pai em um acidente automobilístico. As informações são do Uol.

Os órfãos têm cinco anos de idade e estão sob os cuidados do tio, o representante comercial Douglas Junior Faria, e da esposa, Luana Amaral, na cidade de Votuporanga, em São Paulo.

Trigêmeos Pedro Paulo e Felipe estão sob os cuidados do tio e da esposa – Foto: Reprodução/Arquivo pessoalTrigêmeos Pedro Paulo e Felipe estão sob os cuidados do tio e da esposa – Foto: Reprodução/Arquivo pessoal

De acordo com Douglas, a primeira a morrer foi a irmã Karina Angélica Faria, de 33 anos, dia 13 de março. Na sequência, a mãe dos meninos, Ana Paula Faria, de 37 anos, dia 15, e em seguida a avó,Valentina Peres Machado, de 66 anos.

Acidente automobilístico

Em setembro do ano passado, o pai das crianças, Renato Santos, morreu em um acidente de carro. A última postagem de Ana Paula em uma rede social foi uma homenagem ao marido.

“5 meses sem você, a saudade aperta, o peito dói, as lágrimas rolam e não tem nada que se possa fazer. Nada, nada, nada preenche esse vazio que você me deixou e eu estou aqui procurando uma forma pra seguir em frente. Você me deixou três motivos para isso”, escreveu ela.

+

Saúde