Em decisão unânime, Anvisa autoriza a venda de autotestes de Covid-19 no Brasil; veja detalhes

Membros da diretoria colegiada acompanharam o posicionamento da relatora Cristiane Rose Jourdan, que sugeriu a comercialização do produto

Em decisão unânime, a diretoria da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) autorizou, nesta sexta-feira (28), a venda de autotestes de Covid-19 no Brasil. O pleito teve quatro votos e foi definido por maioria simples.

Em reunião da Diretoria Colegiada, por videoconferência, os membros da direção acompanharam o posicionamento da relatora Cristiane Rose Jourdan, que sugeriu o aval da comercialização do produto no país. As informações são do Uol e do Terra.

Comercialização de autotestes de Covid-19 está liberada no Brasil, diz Anvisa – Foto: Flavio Tin/Arquivo/NDComercialização de autotestes de Covid-19 está liberada no Brasil, diz Anvisa – Foto: Flavio Tin/Arquivo/ND

Acompanharam o voto da relatora, os diretores Rômison Rodrigues Mota e Alex Machado e a diretora-substituta, Meiruze Sousa Freitas.

Para a relatora, o produto pode representar excelente estratégia de triagem e medida adicional no controle da pandemia. Ela ressaltou ainda que no momento, o contágio pela doença é grande e muitas pessoas não conseguem ter acesso ao SUS (Sistema Único de Saúde) e pela rede privada.

Liberação pedida pelo Ministro da Saúde

A liberação da comercialização dos autotestes de Covid-19 foi pedida pelo ministro Marcelo Queiroga no início deste mês, devido ao avanço da variante Ômicron no Brasil.

A testagem de Covid-19 no Brasil está centrada em clínicas, farmácias e serviços públicos, que não conseguem atender à alta demanda das últimas semanas.

Os autotestes de antígeno são os mesmos oferecidos atualmente nas farmácias, mas com aplicação feita por um profissional de saúde.

+

Saúde

Loading...