Entenda os riscos do ‘chip da beleza’ usado pela ex-BBB Flay; CRM-SC faz alerta

Anvisa informou que os implantes hormonais, como o gestrinona e o silástico, não têm registros ativos no Brasil, podendo a divulgação e prescrição, do "chip da beleza", configurar crime

Após a repercussão dos efeitos negativos causados pelo “chip da beleza”, em desabafo da ex-BBB Flayslane, o CRM-SC (Conselho Regional de Medicina de Santa Catarina) fez um alerta nesta sexta-feira (20), sobre os riscos do uso clínico do implante.

Ex-BBB Flay teve seu rosto coberto por espinhas ao usar o chip da beleza – Foto: Instagram/Divulgação/NDEx-BBB Flay teve seu rosto coberto por espinhas ao usar o chip da beleza – Foto: Instagram/Divulgação/ND

Em documento assinado pelo conselheiro Itairan da Silva Terres, o CRM-SC fez uma análise após o grande número de denúncias, que alerta para a falta de base científica que justifique o uso clínico desses implantes do “chip da beleza”, para qualquer indicação.

“Esse procedimento não tem nenhuma indicação aceitável, uma vez que não existem estudos consistentes que assegurem que o tratamento tenha eficácia e havendo sérias preocupações em relação aos seus riscos”, diz Terres.

A Anvisa já se posicionou informando que os implantes hormonais, como o gestrinona e o silástico, não têm registros ativos no Brasil, podendo a divulgação e prescrição, do “chip da beleza”, configurar crime.

“O uso de medicamento sem registro no país e em apresentação e via de administração não estudada para a indicação proposta afronta as normas sanitárias e éticas vigentes”, ressalta o conselheiro.

O implante não tem base científica que justifique seu uso

O parecer do CRM-SC se baseou em uma Nota Técnica, que as Câmaras Técnicas de Endocrinologia e Metabologia e de Ginecologia e Obstetrícia  fizeram, com extensa pesquisa nas bases científicas disponíveis, que demonstraram que não há estudos que indiquem a eficácia ou segurança do uso desta medicação para fins estéticos, nem como a aplicação dos implantes.

O presidente do CRM-SC, o médico Eduardo Porto Ribeiro, diz que “é essencial que os pacientes evitem usar produtos não indicados e alerto os médicos sobre a importância de os profissionais seguirem a orientação do parecer técnico para evitar infração ética”.

Ex-BBB mostra o resultado do uso do chip

Cantora mostrou os efeitos colaterais que teve durante o uso do chip da beleza – Foto: Internet/Reprodução/NDCantora mostrou os efeitos colaterais que teve durante o uso do chip da beleza – Foto: Internet/Reprodução/ND

O uso clínico de implantes de gestrinona, chamados de “chip da beleza” tem sido usado por diversas famosas. A ex-BBB Flay desabafou sobre os efeitos negativos que o implante causou,  deixando seu rosto cheio de espinhas.

“Muita espinha? Destruiu minha pele. Agora, não tem mais espinhas, estão só algumas manchinhas e estou tratando. Agora, o efeito do chip acabou graças a Deus”, disse a ex-BBB nas redes sociais.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Diversa+ na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Saúde

Loading...