Entenda por que o Planalto Norte de SC voltou ao nível mais preocupante da Covid-19

Região estava em nível grave, mas voltou ao índice gravíssimo na avaliação de risco divulgada no último sábado

No novo mapa de risco da Covid-19 em Santa Catarina, as duas únicas regiões em vermelho estão no Norte do Estado. Na avaliação divulgada no sábado (4), tanto o Nordeste quanto o Planalto Norte estão em nível gravíssimo, o mais preocupante relacionado à pandemia.

Planalto Norte e Nordeste estão em nível gravíssimo – Foto: Governo de Santa Catarina/Divulgação/NDPlanalto Norte e Nordeste estão em nível gravíssimo – Foto: Governo de Santa Catarina/Divulgação/ND

No caso do Planalto Norte, a nova atualização trouxe uma piora na avaliação, já que a região estava no nível grave e passou para o gravíssimo. O fator que impulsionou a regressão foi a transmissibilidade, que passou da nota 2,0 para 3,5.

Já a gravidade, que trata da ocorrência de óbitos e da tendência de internações, se manteve em 3,0, enquanto o monitoramento, que envolve o percentual de vacinados e a variação de casos semanal, baixou de 3,0 para 2,5.

O fator mais preocupante na região continua sendo a capacidade de atenção, relacionada à capacidade dos municípios de atenderem os pacientes com suspeita ou diagnóstico de Covid-19. O Planalto Norte se manteve com nota 4,0 nesse quesito.

Região Nordeste continua no nível gravíssimo

A região Nordeste se manteve no nível gravíssimo, situação em que está há cerca de dois meses. Na área, a capacidade de atenção e a transmissibilidade são os fatores mais alarmantes, com nota máxima na avaliação.

Em Joinville, a maior cidade da região, há um único leito de UTI Covid adulto disponível nesta segunda (6), de acordo com dados do governo estadual. Além disso, o município soma 2.043 casos ativos de infecção pelo coronavírus segundo o Estado – conforme a prefeitura, são 1.381.

No último mapa, também houve piora no quesito gravidade, que trata da ocorrência de óbitos e da tendência de internações. Já no fator monitoramento, que corresponde ao percentual de vacinados e à variação de casos semanal, houve queda da nota 3,0 para 2,0.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Saúde

Loading...