Entenda por que Itajaí ficou ‘para trás’ na faixa etária de vacinação contra Covid-19

Moradores questionam vacinação por idade, que está disponível para moradores entre 40 e 59 anos desde o começo de julho

Moradores de Itajaí têm questionado porque a vacinação contra Covid-19 por faixa etária não tem avançado no município, que acabou ficando “para trás” em relação a outras cidades. Enquanto isso, outras cidades já avançam para vacinação de moradores com 37 anos, como Balneário Camboriú, e até 34 ou mais, como em Brusque.

A vacinação contra Covid-19 por idade começou em junho em Itajaí. A imunização avançou até o começo de julho, quando a secretaria de Saúde abriu agendamento para moradores entre 40 e 59 anos. Mas, desde então, não tem mais avançado.

Entenda porque Itajaí ficou ‘para trás’ na faixa etária de vacinação contra Covid-19 – Foto: Prefeitura de Itajaí/DivulgaçãoEntenda porque Itajaí ficou ‘para trás’ na faixa etária de vacinação contra Covid-19 – Foto: Prefeitura de Itajaí/Divulgação

O motivo do “atraso”, para o município, seria a priorização da vacinação de pessoas mais velhas, antes de avançar para outras faixas etárias. A recomendação veio do MPSC (Ministério Público de Santa Catarina), após problemas no agendamento e relatos de moradores mais novos – com 40 anos – vacinados antes dos mais velhos – com 59 anos.

“Por isso, desde sexta-feira (16) a Secretaria de Saúde tem realizado ações de livre demanda para contemplar a todos que ainda não tenham sido imunizados nessa faixa etária atendida”, explica a secretaria de Saúde.

Ainda conforme a secretaria, o Estado determina que se avance na vacinação de faixas etárias simultaneamente com outros municípios, para cumprimento do calendário previsto, “porém não envia doses pra imunizar toda a faixa etária”.

O secretário de saúde do Município, Emerson Duarte, já afirmou ao ND+ que o município tem capacidade para vacinar 15 mil pessoas por dia, em 33 salas de vacinação e no Centreventos. O número de doses enviadas pelo Estado, no entanto, é bem menor.

Prioridade do município é vacinar moradores mais velhos antes de avançar para as próximas faixas etárias – Foto: Prefeitura de Itajaí/DivulgaçãoPrioridade do município é vacinar moradores mais velhos antes de avançar para as próximas faixas etárias – Foto: Prefeitura de Itajaí/Divulgação

Intervenção do MPSC

A recomendação do MPSC veio no dia 12 de julho, depois que moradores relataram problemas no sistema de agendamento da vacinação.

No dia 3 de julho, a secretaria abriu 4,9 mil vagas para agendamento da vacinação para moradores entre 40 e 59 anos. As vagas, no entanto, terminaram cerca de 5 horas depois.

Depois disso, o MPSC pediu esclarecimentos à prefeitura sobre os problemas no agendamento, já que, além das vagas acabarem rapidamente, o sistema ficou lento para os usuários.

Na época, a prefeitura afirmou que o grande número de pessoas usando o sistema ao mesmo tempo causou lentidão, e que o agendamento é uma das estratégias criadas para assegurar o acesso da população às vacinas contra a Covid-19, “além de evitar aglomerações nas unidades e a sobrecarga dos profissionais de saúde”.

Depois disso, o MPSC emitiu uma recomendação para que a prefeitura ajuste a vacinação para evitar, além de problemas no agendamento, filas quilométricas como as que foram registradas no Centreventos durante a vacinação de profissionais das indústrias.

MPSC interferiu na vacinação para evitar filas e problemas no agendamento – Foto: Prefeitura de Itajaí/DivulgaçãoMPSC interferiu na vacinação para evitar filas e problemas no agendamento – Foto: Prefeitura de Itajaí/Divulgação

Repescagem da vacinação

Após a recomendação do MPSC, Itajaí reajustou a vacinação contra Covid-19. O município promove, no próximo sábado (24) a vacinação por faixa etária, para moradores de 40 a 59 anos, em 10 unidades de saúde do município: Cidade Nova 2, Cordeiros, Crescem, Fazenda 1, Imaruí, Itaipava, Parque do Agricultor, Portal 2, São João 1 e São Vicente. Não é necessário fazer agendamento.

Para se imunizar, a população deve apresentar documento de identificação com foto e CPF ou Cartão SUS. A imunização ocorrerá em 10 unidades de saúde para evitar filas e aglomerações. Serão disponibilizadas 2.500 doses de vacina, de acordo com o quantitativo enviado pelo Governo do Estado.

A vacinação de trabalhadores industriais também foi separada por idade. Trabalhadores com mais de 40 anos também podem se vacinar neste sábado (24) nas 10 unidades abertas.

Serão 1.700 doses disponíveis para este público. No momento da vacinação, é necessário apresentar documento com foto, CPF ou Cartão SUS e, para comprovar sua atuação, carteira de trabalho ou crachá funcional ou holerite. Além disso, é obrigatório apresentar uma declaração da empresa com indicação de Classificação Nacional de Atividade Econômica (CNAE) e de sua descrição.

Itajaí tem feito “repescagem” da vacinação – Foto: Prefeitura de Itajaí/DivulgaçãoItajaí tem feito “repescagem” da vacinação – Foto: Prefeitura de Itajaí/Divulgação

A sala volante do Centreventos também terá vacinação contra Covid-19, neste sábado das 8h às 16h, para os seguintes grupos prioritários: profissionais da Educação, trabalhadores de saúde, caminhoneiros, aquaviários, gestantes, puérperas, lactantes, pessoas com comorbidades, motoristas e cobradores do transporte coletivo, profissionais da limpeza urbana e coleta de resíduos e idosos com 60 anos ou mais. Além disso, podem ser vacinados no local os trabalhadores portuários agendados pela Vigilância Epidemiológica do município.

A Secretaria Municipal de Saúde reforça que os moradores que integram os grupos prioritários devem apresentar documento de identificação e comprovante da condição ou da atividade exercida.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Itajaí e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Saúde

Loading...