Espaço no Norte da Ilha será usado para aplicar vacina da Pfizer em Florianópolis

Previsão é para que 1 milhão de doses do imunizante contra o novo coronavírus chegue ao Brasil no dia 29 de abril

A aplicação de doses da vacina da Pfizer contra a Covid-19 ocorrerá em um espaço na região Norte de Florianópolis. O local selecionado foi o Centro de Eventos Luiz Henrique da Silveira, localizado na rodovia SC-401, em Canasvieiras.

Espaço no Norte da Ilha será usado para aplicar vacina da Pfizer em Florianópolis – Foto: Divulgação/BioNTechEspaço no Norte da Ilha será usado para aplicar vacina da Pfizer em Florianópolis – Foto: Divulgação/BioNTech

A previsão é para que 1 milhão de doses do imunizante chegue ao Brasil no dia 29 de abril. As doses da Pfizer precisam ser armazenadas em ultrafreezers de até -70º.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde de Florianópolis, uma equipe técnica da pasta solicitou a Santur (Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina) a utilização do Centro de Eventos como local fixo e de drive-thru para a vacinação.

Na semana passada, a Santur confirmou à Secretária a possibilidade de disponibilizar o espaço solicitado. O órgão municipal informou, ainda, que o termo de cessão está sendo finalizado para que seja iniciada viabilidade de uso.

Além do Centro de eventos, a aplicação do imunizante da Pfizer também deve ocorrer nos pontos fixos instalados na UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina) e no Floripa Shopping.

Chegada das doses

O prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro (DEM), disse que se reuniu nesta quara-feira (21) com o secretário Executivo do Ministério da Saúde, Rodrigo Otávio da Cruz, que confirmou que a chegada do primeiro voo com as doses da Pfizer chegará ao Brasil no dia 29 de abril.

Nesta primeira remessa, serão recebidas 1 milhão de doses. Nos meses de maio e junho, a expectativa é receber um total de 15 milhões e no segundo semestre, mais 85 milhões de doses.

Além disso, segundo Gean Loureiro, o Ministério da Saúde negocia mais uma grande remessa da vacina nos próximos meses.

Armazenamento

As doses da Pfizer precisam estar armazenadas sob temperatura de -70 graus. Em Florianópolis, a prefeitura fechou parceria com a UFSC, que cederá quatro ultrafreezers capazes de alcançar essa temperatura. A expectativa é de que dentro de uma semana, a estrutura do local esteja finalizada.

As negociações entre a prefeitura e a UFSC vem ocorrendo desd janeiro de 2021, quando Gean Loureiro fez uma visita técnica junto com a Secretaria Municipal de Saúde nos espaços que armazenam os equipamentos.

Diferente das vacinas da Coronavac, Astrazeneca e Johnson & Johnson, que demandam temperaturas de 2° a 8°C, compatíveis com as das vacinas já existentes no país, as da Pfizer requerem um ambiente de -70°C. – Foto: Anderson Coelho/Arquivo/NDDiferente das vacinas da Coronavac, Astrazeneca e Johnson & Johnson, que demandam temperaturas de 2° a 8°C, compatíveis com as das vacinas já existentes no país, as da Pfizer requerem um ambiente de -70°C. – Foto: Anderson Coelho/Arquivo/ND

Loureiro garantiu, ainda, que a Capital possui estrutura e insumos, como seringas de 1 milímetro, para a aplicação das doses.

A vacina da Pfizer em parceria com a BionNTech é a única a ter autorização para uso definitivo no Brasil. Estudos apontam que o imunizante tem eficácia de 92% para prevenir os casos mais graves de contágio pelo novo coronavírus. A vacina também atingiu 100% de eficácia para adolescentes de 12 a 15 anos.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Saúde