Esperança e perspectiva em relação à vacinação contra a Covid-19

Chegada da vacina para o mundo emerge um novo cenário, com uma perspectiva para a reversão dos estragos provocados pela pandemia, principalmente para idosos

Chegada da vacina traz alento para idosos – Foto: DivulgaçãoChegada da vacina traz alento para idosos – Foto: Divulgação

Muitos foram os impactos psicológicos nos idosos, referentes ao isolamento social.  Sendo assim, aumentando fatores de risco para o desenvolvimento de transtornos mentais e afetos negativos prolongados.

Também vêm ocorrendo prejuízos financeiros que, por sua vez, parecem constituir maior fator de risco no desenvolvimento de transtornos mentais, principalmente, para famílias de nível socioeconômico baixo.

Promovendo resiliência e bem-estar

Essa pandemia de Covid-19, que se instalou em toda esfera global, constitui uma crise grave que tem afetado toda a população mundial de diferentes formas, por exemplo:  perda de familiares, demissões, restrição financeira, isolamento social e perda da liberdade.

Nesse sentido, pode-se pensar que se está vivendo um momento ímpar no qual a resiliência pode constituir um processo essencial para o enfrentamento das adversidades derivadas da pandemia.

A incorporação de ações no cotidiano que envolvam autocompaixão, criatividade, otimismo e meditação pode promover resiliência e bem-estar em muitas pessoas.

Em contrapartida a vacina, com toda certeza trará um novo caminho a ser trilhado pela frente juntamente com novos desafios. A vacinação demorará algum tempo para  permitir às pessoas voltarem a viver normalmente.

Sendo assim, as medidas de proteção ainda permanecerão por um bom tempo. Como por exemplo: o uso de máscaras e o isolameto social.  Pois os especialistas no assunto informam que o imunizante não será milagroso e demorará alguns meses para realmente fazer o efeito.

Portanto,  podemos considerar que a resiliência será o grande fenômeno a ser adotado na ajuda para que se mantenha uma boa saúde mental, apesar de todas as adversidades psicológicas e físicas.

CUIDARE

Enfermeira Carolina Savi, diretora técnica da Cuidare Florianópolis e São José – Coren/SC 201352

  • Whatsapp: (48) 9 9159-3113
  • Telefones: (48) 9 9159-3113 ou (48) 4109-1941
  • Instagram
  • Facebook

+

Saúde Mais