Retorno gradual de eventos e congressos é autorizado em SC

Sete medidas publicadas pela Secretaria de Estado da Saúde estipulam regramento para os meios conforme o mapeamento de risco potencial feito pelo Governo do Estado

O retorno gradual de teatros, museus e eventos em geral está autorizado e deve acontecer de modo gradual, conforme sete portarias publicadas pelo governo de Santa Catarina nesta sexta-feira (18).

Os documentos também versam sobre a prova de roupas em lojas, autorizando a prática em regiões com risco potencial alto ou moderado e exigindo limpeza das peças e dos provadores.

Portarias ainda mantém suspensa a maioria das atividades na maior parte do Estado, considerando que somente o Extremo-Oeste encontra-se em risco grave – Foto: Anderson Coelho/ND

Os cinemas serão autorizados nas regiões que não estiverem mapeadas com risco potencial gravíssimo ou grave e seguem as medidas de proteção adotadas. No momento, o Nordeste de Santa Catarina é a única região em risco gravíssimo.

Além disso, atualmente são 10 regiões em estado grave e uma com risco alto. Assim, as liberações gradativas, de acordo com essa análise, podem ocorrer apenas na região do Extremo Oeste, a única que apresentou risco alto. Confira a regulamentação por serviço:

Eventos Sociais

Terão acesso controlado, sendo autorizados com lotação máxima de 40% em regiões com risco potencial alto e de 60% em regiões com risco potencial moderado.

Valem as regras sanitárias já vigentes, incluindo oferta de álcool gel, obrigatoriedade de máscaras, aferição de temperatura e distanciamento de 1,5 metro.

Portas e janelas devem ser mantidas abertas e sofás e similares devem ser de superfície higienizável e reduzidos para total de 30%. Mais detalhes na portaria.

Museus

Valem as regras sanitárias já vigentes, sem poderem abrir em regiões com risco potencial grave ou gravíssimo. Nas regiões com risco alto, o público deve ser limitado em um terço do máximo, com recomendações de receber somente visitas previamente agendadas.

Nas regiões com risco moderado, a portaria estabelece que a capacidade é limitada em 50%, o atendimento presencial será de um pesquisador por vez e, na impossibilidade de higienizar o acervo pelo mesmo ser incompatível com algum produto de limpeza, o mesmo deve ser mantidos em quarentena por 96 horas. Mais detalhes na portaria.

Academias

Seguem as regras sanitárias vigentes, e são limitadas em: 30% (risco gravíssimo), 50% (grave), 70% (alto) e irrestritas em risco moderado.

Idosos e demais membros do grupo de risco precisam de parecer médico para frequentar e quem estiver com febre ou gripe não pode frequentar.

Há obrigatoriedade de cabelo preso e uso de toalha. Bebedouros estão proibidos e o local deve ser higienizado ao fim de cada período, além de estipular que os usuários usem o local somente em um período pré-fixado. Mais detalhes na portaria.

Concurso público

Valem as regras sanitárias já vigentes. A abertura dos portões para entrada dos candidatos nas salas de prova terá tempo mínimo de 1h30min. Todas as janelas do local devem estar abertas, e bebedouros de jato inclinado serão proibidos. Mais detalhes na portaria.

Congressos

As regras sanitárias vigentes continuam valendo, mas os congressos só podem ocorrer em regiões com risco potencial alto ou moderado. O limite da ocupação da capacidade de público deve ser de 50% do espaço do evento em locais com capacidade de até 1.000 pessoas, 40% em locais com capacidade de 1.500 pessoas e 30%, em locais com capacidade acima de 1.501 pessoas.

O município que sediar o evento deverá estar com os casos estáveis ou em decréscimo há quatro semanas, e com os leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) lotados em até 50%. Mais detalhes na portaria.

Feiras e Exposições

Devem seguir as mesmas regras sanitárias, mas estão suspensas em regiões com risco grave ou gravíssimo. Terão publico limitado a 40% em regiões com risco alto, e 60% em risco moderado.

O acesso deve ser controlado pelos organizadores, e a venda de ingressos deve ser prioritariamente online. Mais detalhes na portaria.

+

Saúde