Falta de leitos de UTI já dura uma semana em Concórdia

Não há mais leitos de UTI e enfermaria para tratamento de Covid-19 desde a semana passada

Uma reunião discutiu a gravidade da pandemia do novo coronavírus em Concórdia, no Oeste de Santa Catarina. A reunião ocorreu nesta segunda-feira (22) e reuniu o prefeito Rogério Pacheco e os vereadores do município.

Único hospital do município está superlotado – Foto: Internet/Divulgação NDÚnico hospital do município está superlotado – Foto: Internet/Divulgação ND

Segundo a Prefeitura de Concórdia, não há mais leitos de UTI e enfermaria disponíveis desde a semana passada no Hospital São Francisco, o único do município.

“O hospital fez o que esteve ao seu alcance na disponibilização de espaços e remanejamentos internos de outras especialidades. Há um consenso entre as equipes de enfrentamento à doença de que a população relaxou demais nos cuidados, e que o aumento de eventos clandestinos levou a lotação do único hospital do município”, disse.

Acesse e receba notícias de Chapecó e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Saúde