Família de bebê internado após compra incorreta de remédio é indenizada em SC

Medicamentos com nomes parecidos são trocados e bebê sofre reações no Alto Vale do Itajaí

Uma farmácia deverá indenizar família, após ter vendido medicamento diferente da prescrição médica, em Rio do Sul. O remédio era para um bebê, que teve reações depois do uso e foi internado em hospital. A Justiça de Santa Catarina condenou a empresa pelo ocorrido.

Bebê é internado na UTI após uso de medicamento errado em Rio do Sul – Foto: Michal Jarmoluk/Pixabay/Reprodução/NDBebê é internado na UTI após uso de medicamento errado em Rio do Sul – Foto: Michal Jarmoluk/Pixabay/Reprodução/ND

Dentre os remédios prescritos solicitados pelos pais do bebê, de cerca de um mês, ao estabelecimento do Alto Vale do Itajaí, estava o Bromoprida. Porém, foi vendida a Brimonidina à família. A consequência foram a apneia, que são paradas respiratórias, além da internação por três dias na UTI e intubação orotraqueal – introdução de tubo na traqueia.

A Justiça decidiu o pagamento de R$ 40,1 mil da rede de farmácia à família lesada por danos morais e materiais. Dentre os valores estão R$ 20 mil para a criança e mais R$ 10 mil para cada um dos pais, com correção monetária. Os pais também serão indenizados em mais R$ 140 pelos gastos com medicação.

A farmácia tentou recorrer ao Tribunal, mas o argumentos não foram válidos. “A alegação de que inexistiria prova nos autos no sentido de que o fármaco Brimonidina foi o causador da emergência médica não se sustenta, afinal o vínculo está claramente comprovado na documentação médica acostada à exordial, da qual se extrai: ‘motivo da admissão: intoxicação exógena por tartarado de brimonidina’”, declara TJSC.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Blumenau e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Saúde

Loading...