Farmácias e drogarias vão poder vender máscaras de tecido

A decisão foi divulgada nesta terça-feira pela Anvisa. As máscaras de tecido, de proteção de uso não profissional, são indicadas para a população por diminuir o risco de contaminação do Coronavírus

Farmácias e drogarias vão poder vender máscaras de tecido sem medo de sofrerem qualquer tipo de punição. A decisão foi divulgada nesta terça-feira pela Anvisa. As máscaras de tecido, de proteção de uso não profissional, são indicadas para a população por diminuir o risco de contaminação do Coronavírus. Em várias cidades do país as pessoas só podem entrar em estabelecimentos comerciais e agências bancárias usando a máscara.

Máscara de tecido serão vendidas em farmácias e drogarias – Foto: Arquivo/NDMáscara de tecido serão vendidas em farmácias e drogarias – Foto: Arquivo/ND

A Diretoria Colegiada (Dicol) da Anvisa aprovou, por unanimidade e em caráter excepcional, a medida que visa facilitar o acesso da população ao produto, reforçando o enfrentamento da pandemia provocada pelo novo coronavírus. Desde 11 de maio a venda estava liberada de maneira provisória. Entretanto, com a decisão da Anvisa a medida se torna oficial. A Anvisa já encaminhou um ofício circular sobre a decisão para as Vigilâncias Sanitárias dos estados e municípios e do Distrito Federal (DF).

Uso das máscaras deve vir acompanhado de outras medidas

As máscaras de uso não profissional não são enquadradas como produtos para saúde para fins regulatórios. A Agência enquadra nessa categoria equipamentos de proteção individual destinados a profissionais de saúde, como máscaras cirúrgicas, luvas e aventais cirúrgicos.

Leia também:

Entretanto, as máscaras de tecido são importantes. Elas atuam como barreiras físicas, contribuindo para a saúde pública com a redução da propagação do novo coronavírus. Além disso, podem colaborar, ainda, para a redução do risco de infecções no contexto da pandemia.

Além disso, a Anvisa reforça que o uso de máscaras de tecido deve ser adotado juntamente com outras medidas, especialmente a redução do contato social, a higienização das mãos e a proteção do nariz e da boca ao tossir e espirrar.

+

Saúde