Fabio Gadotti

fabio.gadotti@ndmais.com.br Comportamento, políticas públicas, tendências e inovação. Uma coluna sobre fatos e personagens de Florianópolis e região.


Feriadões levam à reflexão sobre comportamento coletivo e fiscalização oficial

Em meio a um cenário de novo aumento de casos de Covid-19, aglomerações voltam a ser registradas em Florianópolis

Os apelos das autoridades sanitárias e a formação de uma força-tarefa para fiscalização das medidas de enfrentamento não foram suficientes para impedir a repetição dos problemas vistos no feriadão anterior, de 12 de outubro. Aglomerações aconteceram nas praias e em beach clubs, com muitos frequentadores sem máscaras – vulneráveis ao contágio pelo coronavírus.

Praia da Joaquina neste domingo (01): feriadões levam à reflexão sobre gestão da pandemia pelo poder público e comportamento da população – Foto: Léo MunhozPraia da Joaquina neste domingo (01): feriadões levam à reflexão sobre gestão da pandemia pelo poder público e comportamento da população – Foto: Léo Munhoz

O relaxamento em relação às medidas preventivas, reflexo do cansaço coletivo de sete meses de pandemia, acontece em meio a uma nova onda de casos, que pressiona as unidades hospitalares. Florianópolis está com taxa de ocupação de leitos em 83,61%, 996 casos ativos e 162 mortes de Covid-19 registradas desde o início de março.

A manutenção de níveis seguros de contaminação da Covid-19 não pode depender, no entanto, da vigilância estatal. É caso, volto a repetir, de consciência coletiva. Todos estão cansados, mas é indispensável que as medidas de segurança continuem sendo seguidas à risca, especialmente o uso da máscara, a higiene com álcool gel e o distanciamento social.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...