Florianópolis é a sexta capital brasileira que mais vacinou contra a Covid-19

Com a imunização contra o coronavírus realizada neste fim de semana, 143.831 pessoas já tomaram a primeira dose do imunizante na cidade, número que representa 28,2% da população

Com a imunização contra a Covid-19 realizada neste fim de semana, 143.831 pessoas já tomaram a primeira dose da vacina em Florianópolis, número que representa 28,2% da população da cidade, estimada no último ano pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) em 508. 826 habitantes. O número posiciona Florianópolis como a sexta capital brasileira que mais aplicou a primeira dose do imunizante no país.

O percentual de pessoas imunizadas com a primeira dose contra a doença na Capital é mais de 8% superior ao nacional, que, neste domingo (23), fechou em 41.961.572, número que representa 19,82% da população do país – Cristiano Andujar/PMF/Divulgação/NDO percentual de pessoas imunizadas com a primeira dose contra a doença na Capital é mais de 8% superior ao nacional, que, neste domingo (23), fechou em 41.961.572, número que representa 19,82% da população do país – Cristiano Andujar/PMF/Divulgação/ND

O levantamento foi feito com base nos dados divulgados pelas prefeituras das capitais do país até esta segunda-feira (24). O percentual de pessoas imunizadas com a primeira dose contra a doença na Capital é mais de 8% superior ao nacional, que, neste domingo (23), fechou em 41.961.572, número que representa 19,82% da população brasileira. É também maior que o número em Santa Catarina, que nesta segunda-feira (24) é de 1.466.950 vacinados, o correspondente a 20,22% da população do Estado.

A Prefeitura de Florianópolis pretende vacinar o máximo possível de pessoas dos grupos prioritários antes da chegada do inverno.

“O aumento na imunização contra a Covid-19, além do investimento em testagem em massa e ações voltadas à prevenção e controle da disseminação do coronavírus na cidade levaram a capital catarinense a terminar abril deste ano com uma redução de 90% no número de óbitos pela doença, na comparação com o último mês de março. Queremos continuar ampliando os grupos de pessoas a receberem as doses e esperamos cobrir o maior número possível dessa população de risco para ser vacinada logo, pois no frio, historicamente, aumenta o número de doenças respiratórias”, afirma o prefeito Gean Loureiro.

De acordo com o vacinômetro, portal da prefeitura que divulga os dados referentes à imunização contra a Covid-19 na cidade, já receberam as duas doses da vacina 85% e uma dose, 28%, do grupo de Trabalhadores de saúde, idosos acima de 75 anos, trabalhadores e residentes de ILPI (Instituições de Longa Permanência). Ainda, receberam as duas doses 43% e uma dose 71% do grupo de idosos acima de 60 anos, povos e comunidades tradicionais ribeirinhas, indígenas e quilombolas.

Segundo o Covidômetro, endereço eletrônico do município que divulga dados sobre a situação e combate ao coronavírus na Capital, a taxa de ocupação de leitos na Grande Florianópolis, que chegou a ter fila em março deste ano, hoje é de 82,57%. São 82.796 casos confirmados na capital catarinense desde o início da pandemia, 952 óbitos e 494 infectados em fase de transmissão.

A Matriz de Risco Potencial divulgada neste sábado (22) pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) apontou que apenas a região da Grande Florianópolis foi classificada e se manteve no patamar Grave (cor laranja) e outras 15 na situação Gravíssima (cor vermelha) para a transmissão da Covid-19. As regiões Médio Vale do Itajaí e Nordeste foram reclassificadas para a situação gravíssima.

Vacinação contra a Covid-19 nesta terça-feira (25) ocorrerá em pontos fixos e Sead – PMF/Divulgação/NDVacinação contra a Covid-19 nesta terça-feira (25) ocorrerá em pontos fixos e Sead – PMF/Divulgação/ND

Confira o ranking

Vacinação Covid-19/D1, por capitais

Porto Alegre (RS) – 491.084 doses – 32,9% da população

Belo Horizonte (MG) – 757.448 doses – 30% da população

Rio de Janeiro (RJ) – 1.986.749 doses – 29,4% da população

Campo Grande (MS) – 264.303 doses – 29,1% da população

João Pessoa (PB) – 233.110 doses – 28,5% da população

Florianópolis (SC) – 143.831 doses – 28,2 % da população

Salvador (BA) – 721.726 doses – 25% da população

Recife (PE) – 410.934 doses – 24,8% da população

São Paulo (SP) –  3.041.838 – 24,6% da população

Goiânia (GO) – 370.395 doses – 24,1% da população

Maceió (AL) – 245.316 doses – 23,9% da população

Curitiba (PR) – 464.467 doses -23,83% da população

Vitória (ES) – 86.476,761 doses – 23,6% da população

Aracaju (SE) – 141.802 doses – 21,3% da população

Cuiabá (MT) – 130.419 doses – 21% da população

Belém (PA) – 321.743 doses – 20,7% da população

Fortaleza (CE) -549.139 doses – 20,4% da população

Natal (RN) – 176.097 doses – 19,77% da população

Teresina (PI) – 170.966 doses – 19,69% da população

Brasília (DF) – 595.340 doses – 19,4% da população

Manaus (AM) – 374.986 doses– 16,9% % da população

Boa Vista (RR) – 71.212 doses – 16,91% da população

Palmas (TO) – 51.354 doses– 16,7% da população

São Luis (MA) -181.387 doses -16,3% da população

Porto Velho (RO) – 81.634 doses- 15,1% da população

Rio Branco (AC) – 50.395 doses – 12,1% da população

Macapá (AP) – 58.384 doses – 11,38% da população

  • Dados atualizados em 24.5.21/Fonte: Prefeituras municipais das capitais brasileiras

Vacinação nesta terça-feira (25) ocorrerá em pontos fixos e SEAD

A Prefeitura de Florianópolis, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, informa que nesta terça-feira, 25 de maio, a vacinação da primeira dose de Covid-19 ocorrerá nos pontos fixos, das 9h às 16h:

Pessoas de 60 anos ou mais e acima de 18 anos com comorbidades

– Beira-mar Continental

– Centro de Eventos da UFSC

– Centro de Eventos Luiz Henrique da Silveira

– Antigo Aeroporto

Trabalhadores da saúde

– Sead/UFSC (7h30 às 18h30)

A lista completa de comorbidades, modelo de atestado e comprovações aceitas para as comorbidades podem ser encontradas neste site.  

Grávidas e puérperas com comorbidades: vacinação por agendamento

As grávidas e puérperas com comorbidades serão vacinadas contra Covid-19 exclusivamente mediante agendamento, via mensagem por WhatsApp (48) 9688-9545. A vacinação para este grupo está sendo feita no SEAD/UFSC.

Segunda dose

Pessoas de 60 anos ou mais

– Beira-mar Continental (Atrazeneca)

– Centro de Eventos da UFSC (Astrazeneca)

– Centro de Eventos Luiz Henrique da Silveira (Astrazeneca)

– Antigo Aeroporto (Astrazeneca)

– SEAD/UFSC (Astrazeneca/Coronavac)

Trabalhadores da saúde

– SEAD/UFSC (Astrazeneca/Coronavac)

Os pontos fixos têm horário das 9h às 16h, enquanto SEAD funciona das 7h30 às 18h30 para vacinação com Astrazeneca e das 7h30 às 16h para vacinação com Coronavac.

Conforme determina a Lei Municipal nº 10.199, de 27 de março de 2017, a Prefeitura Municipal de Florianópolis informa que a produção deste conteúdo não teve custo, e sua veiculação custou R$2.000,00 reais neste portal.

+

Prefeitura de Florianópolis

Loading...