Florianópolis interrompe vacinação contra Covid-19 em profissionais de saúde

Retomada de imunização depende de envio de novas doses pelo Ministério da Saúde; restam cerca de 180 doses para vacinar idosos na Capital

Florianópolis interrompeu a imunização contra Covid-19 em profissionais de saúde nesta sexta-feira (19). Segundo a Secretaria de Saúde da Capital, não há mais doses para serem aplicadas e a imunização depende de uma nova remessa ser enviada pelo Ministério da Saúde.

Florianópolis interrompe vacinação contra Covid-19 nos profissionais de saúde Foto: PMF/Divulgação/NDFlorianópolis interrompe vacinação contra Covid-19 nos profissionais de saúde Foto: PMF/Divulgação/ND

Santa Catarina vai receber um novo lote de vacinas da Coronavac até a próxima terça-feira (23). O superintendente do Ministério da Saúde em Santa Catarina, Rogério Ribeiro, confirmou o prazo para a chegada da nova remessa.

Assim, na Capital, restam apenas cerca de 180 doses nos centros de saúde para continuar a vacinação de idosos acima de 90 anos. A ampliação do público-alvo será feita conforme o envio de doses do governo federal.

“Já batemos a meta, mas estamos buscando se há algum [idoso] que eventualmente está agora na cidade e não constava no levantamento do IBGE, no qual são baseadas as estimativas de cobertura vacinal”, informou a Secretaria de Saúde municipal.

Para verificar se o cadastro do SUS (Sistema Único de Saúde) está atualizado, os idosos ou acompanhantes podem telefonar para o serviço Alô Saúde pelo número 0800 333 3233.

Acesse e receba notícias da Grande Florianópolis pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Saúde