Florianópolis terá centro de vacinação exclusivo para crianças; veja onde

Espaço contará com vacinadores especializados na imunização de crianças; Florianópolis aguarda chegada das doses para imunizar grupo

Às vésperas do início da vacinação contra a Covid-19 das crianças de 5 a 11 anos em todos os municípios de Santa Catarina, a secretaria de Saúde de Florianópolis organiza um espaço exclusivo para a imunização dos pequenos: o SEAD/UFSC, na rua Dom Joaquim, no Centro da Capital.

Vacinação da Covid-19 em crianças em Florianópolis ocorrerá em um único localFlorianópolis aguarda chegada das doses para começar a imunização do grupo “imediatamente” – Foto: Divulgação/ Unsplash/ND

Anteriormente, o local era utilizado para a testagem do novo coronavírus em pacientes assintomáticos e foi também ponto de vacinação.

De acordo com o secretário de Saúde da Capital, Carlos Alberto Justo, o espaço terá vacinadores especializados no atendimento de crianças. No início será o único local para imunizar os pequenos – a prefeitura planeja posterior ampliação.

Ainda não há previsão para o início da campanha, que deverá ocorrer assim que as doses chegarem. A prefeitura aguarda o envio pela Dive/SC (Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina), que finaliza a divisão entre as cidades na tarde desta quinta-feira.

As crianças com comorbidades, indígenas e quilombolas serão as primeiras a serem imunizadas, seguindo as regras do PNI (Plano Nacional de Imunização). Maiores detalhes dependem do quantitativo de doses que serão recebidas pelo município.

Chegada das doses

Santa Catarina receberá a primeira remessa de doses pediátricas na manhã desta sexta-feira (14). O Ministério da Saúde enviou 39.800 doses da vacina da Pfizer destinada a crianças de 5 a 11 ano. A liberação da vacina pelo órgão federal deverá ocorrer durante a tarde.

De acordo com a atualização do PNO (Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19), do Ministério da Saúde, o intervalo entre as duas doses deve ser de oito semanas.

As orientações do plano estabelecem a presença dos pais na imunização dos filhos, e se isso não for possível a aplicação deverá ser autorizada em termo de consentimento assinado por eles. As doses serão distribuídas de forma proporcional aos Estados e ao Distrito Federal, de acordo com a população-alvo.

Ao todo, 642,8 mil crianças catarinenses aguardam a imunização. Até o início da próxima semana, as entregas do primeiro lote de 1,2 milhão de doses, que chegou na madrugada desta quinta (13) ao Brasil, devem estar concluídas.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Saúde

Loading...