Gean Loureiro rebate posição de SC sobre nova estratégia de testes para Covid-19

Secretaria de Saúde recomenda que apenas pessoas com sintomas da doença realizem testes

Gean Loureiro (DEM) rebateu na manhã desta quinta-feira (20) o posicionamento da SES/SC (Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina) sobre a nova estratégia de não disponibilizar testes de Covid-19 a pessoas assintomáticas.

Gean Loureiro quer foco na mobilidade urbana – Foto: Leo Munhoz/NDGean Loureiro quer foco na mobilidade urbana – Foto: Leo Munhoz/ND

Segundo o prefeito, apesar de estudos apontarem que sintomáticos tem maior potencial de transmissão, “na vida real, os assintomáticos podem ter maior potencial, pois circulam mais”.

A decisão da pasta ocorre devido à explosão de casos e à tentativa de priorizar a testagem de casos mais graves, que exigem hospitalização devido a sintomas respiratórios, além de profissionais de saúde ou que fazem parte de serviços essenciais e presenciais com sintomas respiratórios.

“Se o problema é quantidade de testes, temos que ir atrás de mais. Bati na porta do MS [Ministério da Saúde] e conseguimos mais para todo Brasil. Estamos tentando comprar via Prefeitura também”, diz o prefeito.

A secretaria foi procurada para comentar a declaração do prefeito, mas não retornou até a publicação. O espaço está aberto.

Os testes em estabelecimentos privados, como farmácias e laboratórios continuam com a testagem normal. Apenas os testes dados pelo governo entram na nova estratégia.

‘Evitar escassez’

O cenário epidemiológico da Covid-19 no Estado teve um aumento de 208% no número de casos ativos em circulação em apenas uma semana.

Nesse sentido, o ofício deixa claro que a Dive (Diretoria de Vigilância Epidemiológica) “está reavaliando os critérios de distribuição desta remessa, que levará em consideração o número de casos, assim como as notificações dos testes distribuídos nos sistemas oficiais e o critério populacional”.

Segundo o superintendente da Dive, Eduardo Macário, não há falta de testes, apenas uma proposta temporária para conter a alta demanda e evitar a escassez de insumos para a realização desses exames.

Em um novo ofício encaminhado nesta quarta-feira (19), novos testes foram entregues a SES (Secretaria de Estado da Saúde).

“Hoje encaminhamos esse ofício, distribuindo mais 300 mil testes que chegaram ontem, terça-feira (18). Estamos para receber mais 800 mil na semana que vem. E estamos com uma licitação em andamento para adquirir mais 1 milhão de testes”, declarou Macário.

+

Saúde

Loading...