Gêmeas trans passam por cirurgia rara de mudança de sexo em SC

As irmãs são atendidas por clínica especializada em Blumenau; situação é rara no mundo, mas muito desejada pelas duas

Mais uma vez, Blumenau é a sede de um atendimento médico raro no mundo e de alta tecnologia: duas irmãs gêmeas, que são transexuais, passam pela cirurgia de redesignação sexual – popularmente conhecida como “mudança de sexo” – no Hospital Santo Antônio.

Gêmeas trans passam por cirurgia de mudança de sexo em Blumenau – Foto: DivulgaçãoGêmeas trans passam por cirurgia de mudança de sexo em Blumenau – Foto: Divulgação

As irmãs têm 19 anos e são da região Sudeste, mas, de acordo com informações da assessoria de imprensa da clínica que faz o atendimento, elas já discutiam a transição do masculino para o feminino desde antes da maioridade.

Elas não querem suas identidades reveladas, mas ambas começaram o tratamento hormonal com anticoncepcional por volta dos 15 anos. Para elas, a cirurgia é a realização de um sonho que as tornará completas, sem o órgão genital masculino.

Procedimentos separados

A primeira irmã passou pela cirurgia na quarta-feira (10). O procedimento durou de cinco horas. A outra irmã passa pela operação nesta quinta (11). Depois de terminadas as cirurgias, as duas vão permanecer em observação no hospital por pelo menos três dias.

A operação é realizada pelos médicos José Carlos Martins Junior e Cláudio Eduardo de Souza, que comandam o Transgender Center Brazil, clínica com sede em Blumenau especializada em cirurgia trans e feminização facial. O estabelecimento é o único especializado neste tipo de operação no Brasil.

A dupla, que atende no Brasil e no exterior, Já realizou cerca de 400 cirurgias de transição de gênero desde a inauguração, em 2015. Os dois foram responsáveis pelo atendimento à modelo trans Alice Felis, agredida no Rio de Janeiro, em 2020, e deram para ela todo o tratamento das fraturas e a feminização facial.

Juntos, os médicos realizaram a primeira cirurgia de redesignação sexual de Santa Catarina e transformaram a clínica na única instituição privada do país a realizar qualquer cirurgia de transição – de masculino para feminino e feminino para masculino.

Acesse e receba notícias de Blumenau e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Saúde