Governadora Daniela Reinehr acompanha vacinação em Florianópolis

Primeira dose da vacina contra a Covid-19 atingiu idosos de 66 anos na capital do Estado

Nesta manhã de sábado (10), a governadora Daniela Reinehr (sem partido), acompanhou o trabalho de vacinação contra a Covid-19 na rodovia SC-401, em Florianópolis.

Governadora Daniela Reinehr (sem partido) acompanhou a vacinação a idosos de 66 anos em Florianópolis na manhã deste sábado (10) – Foto: Mauricio Vieira/Secom/Divulgação/NDGovernadora Daniela Reinehr (sem partido) acompanhou a vacinação a idosos de 66 anos em Florianópolis na manhã deste sábado (10) – Foto: Mauricio Vieira/Secom/Divulgação/ND

A chefe do Executivo estadual conversou com os servidores e pessoas que receberam a dose da vacina. Ela reforçou a importância do processo de imunização para superar o momento mais duro da pandemia.

“É muito importante acompanhar e ver o esforço do Estado de Santa Catarina em vacinar o mais rapidamente possível a população. Com muita alegria, nós temos quase um milhão de doses já aplicadas no nosso Estado. Também é importante lembrar que já está ocorrendo a aplicação da segunda dose, e todos precisam de uma imunização completa”, afirma a governadora.

2 mil vacinados em uma hora

Em Florianópolis, a imunização da primeira dose acontece neste sábado (10) para pessoas com 66 anos. E, da segunda dose para aquelas com 76 e 77 anos. O prefeito Gean Loureiro (DEM) destaca que foram mais de dois mil vacinados na cidade em apenas uma hora.

“A mensagem é de esperança, com a garantia de que a vacina pode imunizar e trazer uma nova expectativa no combate da pandemia. Queremos estimular que todos participem desse processo, mas que também continuem mantendo todos os cuidados sanitários. É uma batalha de todos nós contra a Covid-19”, salientou o prefeito.

A governadora reforçou, ainda, que a SES (Secretaria de Estado da Saúde) e a Dive (Diretoria de Vigilância Epidemiológica) instituíram, com a ajuda dos municípios, um trabalho de busca ativa por idosos que deixaram de tomar a segunda dose até o momento. A governadora e o prefeito também reforçaram que o processo de imunização só fica completo semanas após a aplicação da segunda dose.

Depoimento de esperança

Quem tomou a segunda dose neste sábado foi a aposentada Neiva Maria Bergamo. Ela conta que a aplicação da vacina a deixa mais motivada para que no futuro já não haja mais cenas de hospitais cheios e mortes por conta do coronavírus.

“Eu espero que, com as vacinas, a gente consiga imunizar o mundo todo. Isso significa menos mortes e é disso que a gente precisa. Hoje o momento é muito difícil, mas eu fico feliz de tomar a vacina. E também desejo muita sorte para todos que estão trabalhando contra esse vírus”, afirmou a aposentada.

Doação de cestas básicas

Além de acompanhar o trabalho de imunização, a governadora também aproveitou a manhã para apoiar o projeto Vacinação Solidária Somar Floripa, que recolhe alimentos nos postos da Capital. Ela doou cestas básicas e, ao lado do prefeito, conclamou a todos que puderem que também façam a sua contribuição.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Saúde