Governo de SC apura irregularidades na compra de respiradores

O governo de Santa Catarina realizou a compra de um lote de 200 respiradores com o custo de R$ 33 milhões que teve o produto modificado depois e a previsão de entrega foi adiada por até dois meses.

Os equipamentos deveriam ter sido entregues a 48 unidades de saúde no início de abril, mas até agora não chegaram.

Confira as informações completas sobre o caso, a nota da Secretaria Estadual de Saúde e o comentário de Paulo Alceu.

+

ND Notícias

Loading...