Governo de SC estuda romper contrato com empresa responsável por administração do Samu

O Governo de Santa Catarina analisa a possibilidade de romper o contrato com a OZZ Saúde, empresa responsável pela administração do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) no estado.

A justificativa é de que a empresa não estaria cumprindo com os comprimosso firmados. O tema foi debatido em uma reunião nesta quinta-feira (11) na Alesc.

Confira todos os detalhes na reportagem.

+

ND Notícias