Governo do Estado estuda realização de quatro eventos-teste em SC

Assunto foi debatido durante reunião entre a Secretaria de Estado da Saúde e representantes do setor de eventos, onde foi discutido a possibilidade de quatro eventos-teste entre julho e agosto

A realização de quatro eventos-teste para julho e agosto foi debatido em reunião desta quarta-feira (16), entre o Governo de Santa Catarina e entidades dos setores de eventos, bares e restaurantes.

Realização de evento cultural também está em pauta – Foto: Eduardo Trauer/Divulgação/NDRealização de evento cultural também está em pauta – Foto: Eduardo Trauer/Divulgação/ND

Segundo o presidente da Federação dos Conventio & Visitors Bureau de Santa Catarina, Marco Aurélio Floriani, o planejamento é realizar uma apresentação cultural, um jantar em evento de posse de associação e, no máximo, duas feiras de negócios no interior do Estado.

“Esperamos definir os protocolos e o público para a realização dos eventos-teste na reunião da próxima quarta-feira (23). A ideia é que o primeiro conte com 100% do público testado, no máximo, 72 horas antes. Assim como uma semana e 15 dias depois para estudo dos efeitos”, explicou Marco Floriani.

Além disso, informou que o Governo do Estado e a UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina) conversam para que ocorra uma avaliação científica para entender os resultados de uma possível contaminação por conta do evento.

Conforme o chefe de gabinete da reitoria da UFSC, Áureo Mafra de Moraes, a instituição segue conversas para compreender quais as atribuições e atuação. Até o momento, ainda não existe uma reposta positiva ou negativa sobre o assunto.

O superintendente de vigilância em saúde, Eduardo Macário, confirmou as conversas para a realização do evento-teste.

No entanto, afirmou que é necessário o acompanhamento do cenário da pandemia em Santa Catarina que, no momento, encontra-se em estado grave, conforme Matriz de Risco. Assim como as próximas reuniões semanais com o setor deverão tratar dos detalhes sobre os eventos-teste.

Além disso, Eduardo Macário explicou que o encontro serviu para a retirada de dúvidas dos representantes do setor, por exemplo, a análise no ponto sanitário e aprovação do colegiado de municípios para a liberação de grandes eventos, conforme esclarecido no decreto.

+

Saúde

Loading...