Grande Florianópolis terá reativação de 21 leitos de UTI

Restam apenas 38 disponíveis na região, já que 85,77% dos 267 leitos ativos estão ocupados

A região da Grande Florianópolis terá 21 leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) reativados nos próximos dias. A ação ocorre por conta do aumento do número de internações hospitalares de pacientes com Covid-19.

Frente do Hospital Florianópolis Grande Florianópolis terá reativação de 21 leitos de UTI – Foto: Reprodução/Secom/ND

“Florianópolis também está recebendo um impacto muito grande. Estamos no meio da pandemia, como temos alertado há muito tempo. Houve velocidade de transmissão e por consequência a necessidade de internações em terapia intensiva”, explicou o secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro.

A reportagem do ND+ questionou a SES (Secretaria de Estado da Saúde) sobre os hospitais que serão reativados os novos leitos. No entanto, houve a resposta que ainda serão definidos os locais.

Conforme o painel de monitoramento da SES, a região da Grande Florianópolis conta com apenas 38 leitos disponíveis para atendimento geral, com taxa de ocupação de 85,77% dos 126 dos ativos.

O Hospital Florianópolis, Regional de Biguaçu Helmuth Hass e o HU (Hospital Universitário) estão com 100% de ocupação dos leitos de UTI adultos.

Taxa de ocupação leitos de UTI adultosTaxa de ocupação dos leitos de UTI para adultos nos hospitais da Grande Florianópolis – Foto: Reprodução/SES/ND

Somando apenas os leitos de UTI para tratamento da Covid-19, quatro hospitais apresentam 100% da taxa de ocupação, sendo o Cepon, Hospital Florianópolis, Regional de Biguaçu e o HU. Veja:

Taxa de ocupação de leitos para Covid-19Quatro hospitais apresentam 100% de ocupação dos leitos de UTI para tratamento da Covid-19 – Foto: Reprodução/SES/ND

Acesse e receba notícias da Grande Florianópolis pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Saúde