Hospital de Maravilha recebe dois novos respiradores

Entrega ocorreu 24 horas após solicitação da vice-governadora Daniela Reinehr à Secretaria de Estado da Saúde; o hospital sofre com a superlotação da UTI

O Hospital São José, referência para atendimentos com Covid-19 em Maravilha, no Oeste de Santa Catarina, recebeu na quarta-feira (10), dois respiradores. Os equipamentos foram enviados pelo governo de Santa Catarina para dar continuidade às ações de suporte para aliviar as demandas de internações na região Oeste. A entrega foi realizada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES).

Os respiradores foram entregues nesta quarta-feira (10). – Foto: Patrícia Bertollo, Prefeitura de Maravilha/Divulgação/NDOs respiradores foram entregues nesta quarta-feira (10). – Foto: Patrícia Bertollo, Prefeitura de Maravilha/Divulgação/ND

O prefeito de Maravilha Sandro Donati, a diretora do Hospital Regional São José, Neiva Schaefer, e a secretária municipal de Saúde, Miriane Sartori, receberam os equipamentos.

Durante audiência no gabinete do prefeito, em Maravilha, na terça-feira (9), a vice-governadora Daniela Reinehr recebeu um apelo da direção do hospital para a aquisição de dois respiradores. A medida visa manter pacientes Covid-19 em tratamento, sem a necessidade de transferência do município, uma vez que a unidade hospitalar está em sua capacidade máxima de ocupação.⠀

Agilidade na entrega

Daniela entrou em contato com o secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, para solicitação. Em menos de 24 horas, os equipamentos foram entregues pela SES para a unidade de Maravilha.

“Fico satisfeita por conseguirmos prestar esse suporte ao município com agilidade, uma entrega em menos de 24 horas, diante do momento difícil que as unidades de saúde atravessam e que o Estado tem enfrentado. O mais importante é termos o atendimento imediato e preservar vidas”, disse a vice-governadora.

Vice-governadora Daniela Reinehr conseguiu a entrega dos respiradores em 24 horas. – Foto: Sicilia Vechi/Divulgação/ND⠀Vice-governadora Daniela Reinehr conseguiu a entrega dos respiradores em 24 horas. – Foto: Sicilia Vechi/Divulgação/ND⠀

Motta Ribeiro destacou que o Estado não mede esforços para auxiliar a região Oeste. Ainda na semana passada, o secretário realizou um encontro com o prefeito de Chapecó, João Rodrigues, e representantes do HRO (Hospital Regional do Oeste). Na oportunidade, ele cobrou a reativação imediata de leitos de unidade de terapia intensiva que haviam sido desativados, mesmo com a pactuação com o Estado.

Na última quinta-feira (4), a aeronave Arcanjo 2 levou 10 respiradores WEG para a abertura imediata de novos leitos de UTI no HRO.

Transferências

O governo de Santa Catarina deu início no domingo (07) a uma operação especial para trabalhar na transferência de pacientes da região Oeste para unidades hospitalares de outras regiões catarinenses.

Desde o início da pandemia, o Governo do Estado ampliou 75 leitos de terapia intensiva para a região do Oeste. A SES vem cobrando a reativação de quase 100 leitos que foram desativados, alguns deles nos municípios mais afetados pela pandemia neste momento na região.

Para o enfrentamento ao novo coronavírus, o governo de SC já distribuiu mais de 700 respiradores e monitores, além de insumos suficientes para o aumento em 160% da rede de UTI adulto nas unidades hospitalares catarinenses.

Somente nesta quarta-feira (10), dois pacientes de Maravilha foram transferidos. Um foi para o Hospital Regional Terezinha Gaio Basso em São Miguel do Oeste e outro para Lages, na Serra Catarinense.

Acesse e receba notícias de Chapecó e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Saúde