Hospital de Xanxerê prevê falta de insumos e faz campanha de arrecadação

Depósitos em conta bancária devem ser identificados para que um recebido possa ser emitido em nome do doador

A ajuda para conter o avanço do novo coronavírus chega de todas as formas. Os hospitais estão lotados, a exemplo do HRSP (Hospital Regional São Paulo) de Xanxerê, no Oeste de Santa Catarina. Para evitar que faltem insumos para atender a população, as pessoas podem contribuir financeiramente de forma voluntária.

Doações financeiras irão ajudar na compra de insumos para atendimento a população – Foto: HRSP/Divulgação/NDDoações financeiras irão ajudar na compra de insumos para atendimento a população – Foto: HRSP/Divulgação/ND

Nesta quinta-feira (25), a direção do hospital emitiu um comunicado pedindo a ajuda de todos. O foco da arrecadação em dinheiro é para evitar que faltem materiais para atendimento e proteção das equipes que estão trabalhando diariamente.

Para isso, o HRSP disponibilizou uma conta bancária para que a comunidade possa realizar as doações. O pedido é para que as pessoas realizem um depósito identificado para que seja feito um recibo ao doador, uma vez que os recursos serão administrados por uma comissão composta por membros da sociedade.

“Como todos sabem estamos passando por um momento muito difícil por causa da situação da Covid-19. Nos últimos dias, muitas pessoas tem nos solicitado e nos oferecido ajuda de várias maneiras, por isso achamos melhor criarmos uma conta onde as pessoas poderão fazer a sua doação voluntária”, explica Irmã Neusa Luiz sobre a campanha de arrecadação do hospital.

Depósitos devem ser autenticados para que cada voluntário possa receber o recebido da doação – Foto: Hospital de Xanxerê/DivulgaçãoDepósitos devem ser autenticados para que cada voluntário possa receber o recebido da doação – Foto: Hospital de Xanxerê/Divulgação

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Saúde