Imbituba abrirá seus primeiros 10 leitos de UTI nesta quarta

Governo do Estado deve manter o custo até o fim de 2020; município mais próximo com tratamento era Laguna, com 10 leitos ativos e somente um disponível

Serão inaugurados 10 leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva ) no Hospital São Camilo, em Imbituba, nesta quarta-feira (9). Até então o município não possuía nenhum destinado ao tratamento intensivo.

As unidades são destinadas ao tratamento da Covid-19, mas após a pandemia, serão transformadas em leitos de UTI normais.

Leitos devem custar R$ 480 mil por mês em 2021, mas valor será reduzido em 50% com habilitação do Ministério da Saúde – Foto: Divulgação/Israel Costa/PMI/ND

Segundo a direção, será um evento que contará com representantes da Secretária de Estado da Saúde, e que “seguirá todos os protocolos sanitários.”

O valor dos leitos será custeado pelo Governo do Estado até o fim de 2020, enquanto em 2021 os leitos passarão a ser de UTI normal, havendo divisão dos valores entre o município de Imbituba e o Ministério da Saúde.

Será um custo mensal de R$ 480 mil para os 10 leitos em 2021, mas com a habilitação dos leitos pelo SUS (Sistema Único de Saúde), esse valor cairá pela metade, já que o Governo Federal irá custear os outros 50% da manutenção mensal.

A instalação da UTI contou com o apoio da Associação Empresarial (ACIM), da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e da Câmara de Vereadores.

O investimento total na UTI da unidade é da ordem de R$ 713 mil pela Prefeitura de Imbituba, e de R$ 1,2 milhão vindos da Secretaria de Estado da Saúde.

Com esse dinheiro, foram investidos recursos em 65 equipamentos, reforma da ala dos leitos, e aquisição de 10 monitores multiparâmetro e 10 ventiladores pulmonares.

Segundo o painel de Leitos do Governo do Estado, o município mais próximo de Imbituba que dispõe de UTI, é Laguna, que atualmente tem 10 leitos ativos e somente um disponível, por meio do Hospital de Caridade Senhor Bom Jesus Passos.

+

Saúde