Imbituba vive explosão de casos de Covid-19

Município registra 1254 infectados e já é o maior índice no Sul do Estado

Com população estimada de 45 mil habitantes, a cidade de Imbituba, no Sul catarinense, presencia uma explosão de casos de Covid-19 nas últimas duas semanas. Os números começaram a crescer com as festas de final de ano e hoje já são 1254 casos ativos no município.

Explosão de casos de Covid-19 faz Prefeitura de Imbituba tomar medidas – Foto: Divulgação/PMI/NDExplosão de casos de Covid-19 faz Prefeitura de Imbituba tomar medidas – Foto: Divulgação/PMI/ND

Segundo a Vigilância Epidemiológica Municipal, com esse índice, Imbituba superou Tubarão e Criciúma, que registram 1.113 e 962 infectados, nessa terça-feira (11) e se tornou a cidade do Sul do Estado com mais casos ativos.

Esse aumento significativo foi registrado nos últimos dias, porque na antevéspera de Natal (23) a cidade do litoral registrava apenas nove casos. Hoje já são 1254 infectados, um crescimento acima de 13.900% em duas semanas.

Internações

Atualmente, no Hospital São Camilo em Imbituba, nove pessoas também estão internadas, sendo oito delas em isolamento (seis suspeitas e duas confirmadas). Um morador de Garopaba também permanece na UTI com Covid-19.

Força-tarefa

Para contornar a situação, a prefeitura desencadeou nesta semana uma força-tarefa no Ginásio de Esportes Olivar Francisco, no Centro da cidade, para atender exclusivamente os pacientes com sintomas relacionados à Covid-19.

O local passou a funcionar na terça-feira (12) e conta com a atuação de 14 médicos, 14 enfermeiras, cerca de 50 técnicos de enfermagem, 70 agentes comunitárias e, aproximadamente, 30 fiscais de Covid-19.

“Nas primeiras horas passaram por aqui mais de 500 pacientes, o índice de positividade para testes Covid está em torno de 60% a 70%. Temos muitos casos positivos”, disse em vídeo o prefeito Rosenvaldo Júnior (PSB).

No fechamento do dia, a Secretaria de Saúde de Imbituba confirmou 407 novos casos, um recorde diário para a cidade em relação aos 707 testes aplicados.

Unidades de saúde reabertas

Outra decisão tomada pela administração municipal foi o fechamento das UBSs (unidades básicas de saúde), mas nesta quarta-feira (13) elas voltaram a funcionar, cinco dias antes do prazo previsto.

Em comunicado, a prefeitura explicou que conseguiu a quantidade de profissionais da saúde para trabalhar no enfrentamento à Covid-19 no Ginásio e nos postos de saúde dos bairros.

+

Saúde

Loading...