Jaraguá do Sul inicia ação para conter proliferação do mosquito transmissor da dengue

Neste ano, a cidade registrou 20 casos, dois deles contraídos no município

Com 10 casos confirmados de dengue, sendo dois deles contraídos no próprio município, Jaraguá do Sul, no Norte do Estado, iniciou o mês de março com uma ação para tentar conter a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da doença.

Agentes devem visitar todos os bairros da cidade – Foto: Prefeitura de Jaraguá do SulAgentes devem visitar todos os bairros da cidade – Foto: Prefeitura de Jaraguá do Sul

O LIRAa (Levantamento de Índice Rápido para Aedes aegyptu) iniciou na quarta-feira (4) e deverá percorrer todos os bairros do município. Os agentes devem visitar as residências para checar se existem depósitos de água parada que possam ser criadouros do mosquito. Além disso, a equipe também orienta a população sobre os cuidados e prevenção. A ação é uma exigência do Ministério da Saúde para cidades consideradas infestadas pelo mosquito, que é o caso de Jaraguá do Sul há um ano.

A agente de endemias Luciana Garnier explica que a cidade está caminhando para uma situação de alerta com o objetivo de barrar uma possível epidemia. “Nós estamos observando que a cada dia estamos encontrando mais focos do mosquito e isso é um alerta para que a população se conscientize. Nós temos que prevenir eliminando todo e qualquer depósito”, afirma.

Os dois casos de dengue contraídos em Jaraguá do Sul são de um homem de 22 anos e uma mulher de 55 anos. A cidade confirmou ainda outros 18 casos, mas de pacientes que contraíram a doença durante viagens para outras cidades e estados do país.

Em Santa Catarina, já são 65 casos confirmados de dengue neste ano.

Leia também:

Dengue: sobe para 42 o número de casos confirmados em Joinville

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Saúde