Joinville é uma das 10 cidades do país sob risco de colapso na saúde

Superintendência do Ministério da Saúde abriu comitê, semelhante ao instalado em Chapecó, para conter o avanço da pandemia em Joinville

Casos ativos em crescimento e leitos totalmente ocupados: com a rede de saúde de Joinville e região perto do colapso, o Ministério da Saúde abriu, nesta sexta-feira (19), um comitê para conter o avanço da Covid-19 no Norte do Estado. E o motivo é preocupante: Joinville está entre as 10 cidades brasileiras com risco de entrar em colapso.

Joinville está entre as cidades brasileiras com risco de colapso na saúde – Foto: Carlos Jr/NDJoinville está entre as cidades brasileiras com risco de colapso na saúde – Foto: Carlos Jr/ND

O superintendente do Ministério da Saúde em Santa Catarina, Rogério Ribeiro, explica que o Comitê Operacional de Emergência em Saúde montado na cidade deve funcionar nos mesmos moldes do que atuou em Chapecó, cuja crise na pandemia se agravou há algumas semanas.

“Nosso objetivo é antecipar as ações de combate à pandemia e fazer com que a região de Joinville não atinja a situação que aconteceu em Chapecó”, diz Ribeiro. As ações serão centralizadas em Joinville, mas o trabalho envolve todas as cidades da região.

Participam do comitê o Ministério da Saúde, a Secretaria de Estado da Saúde, a Defesa Civil do Estado e representantes de municípios. Os trabalhos já começaram nesta sexta (19). “O objetivo é coordenar a ajuda mútua entre os municípios e o compartilhamento dos recursos que cada um tem, possibilitando uma visão coordenada de todas as ações”, diz Ribeiro.

Entre as ações do comitê, já está previsto o encaminhamento de duas ambulâncias do Corpo de Bombeiros Militar para a região ainda nesta sexta. Os veículos serão equipados para que possam transferir pacientes. Além disso, novos leitos de UTI devem ser habilitados.

Segundo Ribeiro, Joinville ainda não chegou na situação de Chapecó e a intenção do comitê é justamente evitar que isso aconteça. “Não acredito que a gente vá alcançar o mesmo nível de complexidade que alcançamos no Oeste”, fala.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Saúde