“Joinville não deve sair do nível gravíssimo em fevereiro”, fala secretário de Saúde

Projeção é de que Joinville continue com índice mais crítico do coronavírus até março

Enquanto as notícias sobre a vacina trazem otimismo, a situação da pandemia em Joinville, no Norte de Santa Catarina, não parece mudar nas próximas semanas. A situação “gravíssima” na cidade deve ser recorrente nas próximas semanas e a projeção é de que qualquer alteração de cenário aconteça apenas no mês de março.

Índice mais crítico da pandemia deve permanecer em Joinville até março – Foto: Carlos JúniorÍndice mais crítico da pandemia deve permanecer em Joinville até março – Foto: Carlos Júnior

“Eu não tenho projeção que a gente saia do gravíssimo em fevereiro. Pelos indicadores, isso só deve acontecer em março. Teremos um mês de fevereiro com alta de internações e ocupação, estabilização e um cenário de possível queda em março”, fala Jean Rodrigues, secretário de Saúde.

Ainda de acordo com o secretário a cidade está sentindo os reflexos dos dias entre o Natal e o Ano Novo e, até o próximo sábado (16), Joinville deve receber a carga de demanda do Réveillon. “Esse aumento de internações e casos está confirmando o que infelizmente estimamos lá atrás”, diz.

O aumento no número de casos ativos já havia sido projetado pelo município que montou, ainda, o plano de contingência que foi acionado, conta o secretário. “Não estamos tranquilos, mas está dentro das previsões que havíamos estimado. Infelizmente dentro do planejado, que era esse cenário difícil”, complementa.

Nesta quinta-feira (14), o município readequou o número de leitos para o tratamento de pacientes com a Covid-19 e Jean fala que até o dia 1º de fevereiro, oito novos leitos devem ser habilitados no Hospital Bethesda.

O plano de vacinação também foi anunciado nesta quinta-feira. Após o anúncio de que a vacinação deve iniciar no dia 21 de janeiro em todo o Brasil, o secretário reforçou que o cronograma elaborado pelo município prevê o início da vacinação entre os dias 20 de janeiro e 10 de fevereiro. “Fizemos a nossa previsão em cima da chegada dos imunizantes. Já estamos preparados para receber os imunizantes, assim que chegar iniciaremos a vacinação”, finaliza.

Acesse e receba notícias de Joinville e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Saúde