Fabio Gadotti

Comportamento, políticas públicas, tendências e inovação. Uma coluna sobre fatos e personagens de Florianópolis e região.


Juiz determina que terminal desativado passe por adequações para receber indígenas

Objetivo é permitir que o local possa receber os grupos que vêm a Florianópolis vender artesanato no verão; prefeitura alega que pandemia impede que as famílias se instalem no local

Terminal desativado do Saco dos Limões, em Florianópolis – Anderson Coelho_5550Terminal desativado do Saco dos Limões, em Florianópolis – Anderson Coelho_5550

Decisão do juiz Marcelo Krás Borges, da 6ª Vara Federal de Florianópolis, determina que o terminal desativado do Saco dos Limões passe por adequações para receber, mais uma vez, os indígenas durante a temporada de verão.

No despacho, de 9 de novembro, ele deu 10 dias para a prefeitura retirar entulhos e higienizar a estrutura.

A sentença atendeu a um pedido do Ministério Público Federal, que cobra cumprimento de compromisso firmado pelo município “para solução de assegurar hospedagem digna” às famílias que vem para a Capital para comercializar seu artesanato.

A Prefeitura de Florianópolis informou que vai responder ao juiz sobre a gravidade da situação do Covid-19 na cidade “e a impossibilidade de trazer indígenas neste momento pandêmico”.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.