Altair Magagnin

altair.magagnin@ndmais.com.br Não é só sobre política. É sobre o impacto das decisões públicas na tua vida. Jornalista profissional com experiência multimídia, acompanha os bastidores do poder e traz análises e notícias exclusivas. Siga @altamagagnin nas redes.


Live em que Bolsonaro diz que vacina da covid causa Aids é tirada do ar pelo Facebook

Em transmissão nas redes sociais, presidente Jair Bolsonaro cita que Reino Unido teria estudo demonstrando aumento dos casos de Aids/HIV em pessoas que tomaram duas doses da vacina contra coronavírus

A live em que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) citou um estudo do Reino Unido dando conta de que pessoas que tomaram as duas doses da vacina contra o coronavírus estavam desenvolvendo a Aids (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida) “muito mais rápido do que o previsto” foi tirada do ar pelo Facebook e pelo Instagram.

A informação de Bolsonaro de que a vacina contra a covid causa Aids é fake news, conforme agências de checagem de notícias.

Presidente Jair Bolsonaro fala sobre estudo do Reino Unido que comprovaria que a vacina contra a covid causa Aids; informação é fake news – Foto: Reprodução/NDPresidente Jair Bolsonaro fala sobre estudo do Reino Unido que comprovaria que a vacina contra a covid causa Aids; informação é fake news – Foto: Reprodução/ND

Veja o que disse o presidente Bolsonaro.

“Só vou dar notícia, não vou comentar. Já falei sobre isso no passado, apanhei muito…vamos lá: relatórios oficiais do governo do Reino Unido sugerem que os totalmente vacinados… quem são os totalmente vacinados? Aqueles que depois da segunda dose né… 15 dias depois, 15 dias após a segunda dose.. totalmente vacinados…estão desenvolvendo Síndrome da Imunodeficiência Adquirida muito mais rápido do que o previsto. Portanto, leiam a matéria, não vou ler aqui porque posso ter problema com a minha live”.

Loading...