Luisa Mell é reinfectada pela Covid-19: “Rezem por mim”

Ativista em defesa dos animais afirma que está com dor no corpo, tosse e cansaço; ela já teve a doença em março de 2020

A ativista em defesa dos animais Luisa Mell usou suas redes sociais para dizer aos seguidores que está novamente com Covid-19. Ela teve a doença em março de 2020, e agora relatou sintomas de dor no corpo, tosse e cansaço.

A defensora dos animais disse ter medo da Covid-19 – Foto: Reprodução/InstagramA defensora dos animais disse ter medo da Covid-19 – Foto: Reprodução/Instagram

“Estou novamente com coronavírus. Ontem à noite, não conseguia comer de maneira nenhuma. Fui até a farmácia e fiz o exame rápido de sangue. Resultado negativo. Mas comecei a me sentir muito cansada. Achei melhor fazer mais um exame. Desta vez, o do cotonete. E o resultado foi positivo”, contou.

“Ontem, era aniversário do meu enteado. Como deu negativo, meu marido queria que eu fosse dar os parabéns na casa dele. Mas eu estava com uma intuição e resolvi fazer outro (porque tenho condições de pagar). Agora, quantas pessoas fariam um segundo tipo de teste só porque estavam sem apetite e cansadas? Quantos têm condições de pagar mais um depois de gastar 100 reais? Peço que rezem por mim, porque está difícil, amigos! Mas sairei desta”, concluiu.

Sem anticorpos da Covid-19

A primeira vez que Luisa pegou a doença foi em março de 2020. Após se recuperar, ela foi às redes sociais no dia 16 de abril do ano passado, para dizer que descobriu que não tinha os anticorpos da Covid-19.

A ativista, que passou maus bocados com a doença, recebeu a notícia com susto. Já o marido, que ficou em estado grave, conseguiu desenvolver os anticorpos.

Recentemente, Luisa relembrou, em conversa com os seguidores, do período em que ficou doente.

“Eu tentava respirar, mas o ar não vinha… De tudo que passei na minha vida, nada foi mais assustador do que ter dificuldade para respirar. Deus vou morrer mesmo? Assim? Agora? E meu filho? E meus bichos? Pensava eu, enquanto tentava puxar o ar que não vinha. O desespero ainda era maior quando lembrava que meu amor, meu marido, estava ainda em situação pior no hospital. Graças a Deus nos recuperamos.”

Na época, o marido de Luisa, Gilberto Zaborowsky também foi diagnosticado com a doença, ficou em estado grave e precisou ser hospitalizado.

+

Saúde