Mãe de suspeita de 1º caso de coinfecção de Covid-19 em SC fala sobre exame

Quadro de saúde de Eloah, a menina com AME que está internada no Sul de SC, está melhorando e, através das redes sociais, a mãe da menina relata que o terceiro teste deu negativo para Covid-19

Através de um relato nas redes sociais nesta sexta-feira (18), a mãe da menina Eloah, Pamella Lemos Cardoso destacou que ela está apresentando melhora no quadro de saúde e que um terceiro teste deu resultado negativo para a Covid-19.

Exames preliminares indicavam que a menina estaria infectada com Covid-19 e com o vírus influenza H1N1 e poderia ser o primeiro caso de coinfecção registrado no Estado. A menina de três anos, portadora de Atrofia Muscular Espinhal ( AME), está internada na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) no Hospital Nossa Senhora da Conceição, em Tubarão no Sul de Santa Catarina.

“Graças a Deus estamos bem mais aliviados. Eloah segue melhorando e
ela já vai sair do isolamento. Só passando, aqui, mesmo para poder deixar um pouco as pessoas mais tranquilas, porque tem muita gente mandando mensagem e eu não consegui dar atenção porque estamos 24h com ela. Eloah segue bem graças à Deus, está sendo diminuído o oxigênio, para poder tirar totalmente e se Deus quiser lá para semana que vem a gente já está em casa”, contou Pamella.

Eloah está internada no Hospital Nossa Senhora da Conceição em Tubarão – Foto: Arquivo Pessoal/NDEloah está internada no Hospital Nossa Senhora da Conceição em Tubarão – Foto: Arquivo Pessoal/ND

Segundo ela, três testes para a Covid-19 foram realizados na menina. “Sábado (15), o teste de Covid-19 deu negativo. Acharam melhor fazer novo teste devido aos sintomas. Na segunda-feira (16) fizeram o segundo exame que deu positivo para Covid-19 e também para H1N1. Não dando por satisfeito fizeram um terceiro exame na mesma segunda-feira (16) e falaram que esse exame ficaria pronto em três dias”, relata Pamella.

De acordo com o diagnóstico, os pediatras iniciaram o tratamento do vírus influenza e para a Covid-19. Até que, nesta quinta-feira (17), veio o resultado do terceiro exame.

“Uma pediatra de plantão disse: ‘Mãe tenho uma noticia boa para contar para vocês, a Eloah testou negativo para Covid-19′. Ficamos sem entender, porque até então ela tinha testado positivo e agora ela testou negativo, e aí qual que é o certo? Ela falou: ‘Mãe esse terceiro que fizemos ficava pronto em três dias, ele chegou hoje, que é um PCR que é um exame mais afundo e mais preciso’”, conta a mãe.

Família comemora resultado negativo para Covid-19

Mãe de Eloah, Pamella Lemos Cardoso relatou estado de saúde da menina de três anos nas redes sociais – Foto: Divulgação/Redes Sociais/NDMãe de Eloah, Pamella Lemos Cardoso relatou estado de saúde da menina de três anos nas redes sociais – Foto: Divulgação/Redes Sociais/ND

O resultado negativo para Covid-19, pegou de surpresa a família, mas foi motivo de alegria. “Estávamos esperando ser positivo, já que os sintomas dela realmente batia com o vírus. Então ficamos meio assim, mas com certeza comemoramos porque é um vírus muito mais agressivo do que uma pneumonia do H1N1”, comenta Pamella.

Durante o vídeo, ela agradece o apoio de todos e destaca que, apesar do diagnóstico negativo para Covid-19, Eloah necessita, ainda, de orações.

“Eloah precisa ainda de bastante oração, o quadro dela é delicado devido à patologia dela. A doença que ela tem qualquer quadro infeccioso, qualquer gripezinha por menor que ela seja é sim algo de se preocupar bastante, principalmente uma pneumonia e um vírus da H1N1”, pede a mãe.

Dive segue investigando o caso

A Dive (Diretoria de Vigilância Epidemiológica) de Santa Cantarina segue investigando o caso que pode ser o primeiro de coinfecção no Estado.Nos primeiros testes rápidos realizados foi diagnosticado a infecção de Covid-19 e H1N1.

Porém a Diretoria segue no aguardo do resultado dos exames que estão sendo processados pelo LACEN/SC (Laboratório Central) para a confirmação ou não da coinfecção.

+

Saúde

Loading...