Mãe morre de Covid-19 nove dias após a filha no Norte de SC

Elisangela e Herondina Ferreira ficaram internadas, mas não resistiram à gravidade da doença

Em meio ao agravamento da pandemia do coronavírus, muitas pessoas têm perdido familiares. E para algumas famílias, a dor e a saudade são ainda maiores, causadas pela perda de mais pessoas queridas em pouco tempo. Foi o que aconteceu com uma família de Três Barras, no Norte catarinense.

Mãe e filha morreram com diferença de nove dias – Foto: Redes sociaisMãe e filha morreram com diferença de nove dias – Foto: Redes sociais

No dia 20 de março, Elisangela Ferreira, de 45 anos, morreu de Covid-19 após três dias na UTI do Hospital Santa Cruz, em Canoinhas. Antes disso, já havia ficado internada por uma semana na Fundação Hospitalar de Três Barras.

Na segunda-feira (29), apenas nove dias após a partida de Elisangela, Herondina Ferreira, a mãe dela, também faleceu vítima da doença.

Ela tinha 67 anos e estava internada na UTI do hospital de Rio Negrinho havia seis dias. Antes, já tinha sido hospitalizada por 12 dias em Três Barras.

O luto e a saudade tomam conta dos relatos de familiares nas redes sociais, como o da filha de Elisangela:

“A saudade é imensa, a dor é grande em saber que eu não vou mais receber mensagem tua dizendo ‘Ô nega, coloca água para esquentar que eu já tô chegando para tomar chimarrão’. Saber que eu não vou escutar mais o barulhinho do portão, saber que a senhora não vai vir na minha casa comer as minhas coisas que eu gostava de inventar… A senhora ensinou tanta coisa para nós, só não ensinou como viver sem a senhora”.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Saúde

Loading...