Mãe que deu à luz em UTI Covid chora ao conhecer filha um mês depois; veja vídeo

Imagens gravadas por funcionários do hospital mostram o momento que a mãe entra na UTI Neonatal; o encontro foi realizado na data em que a pequena Bianca completou 30 dias

Os últimos 30 dias foram os mais longos da vida de Sirlene Aparecida Kohl Ribeiro Branco, moradora da cidade de Agrolândia, no Vale do Itajaí. Há um mês ela deu à luz a pequena Bianca, enquanto estava internada na UTI do Hospital Regional de Rio do Sul, por conta da Covid-19.

Em função da complicação no quadro de saúde, no entanto, a mãe de 35 anos não teve oportunidade de conhecer a filha.

Mãe que deu à luz em UTI Covid chora ao conhecer filha um mês depois – Foto: Divulgação/HRAVMãe que deu à luz em UTI Covid chora ao conhecer filha um mês depois – Foto: Divulgação/HRAV

O tão aguardado encontro aconteceu nesta quinta-feira (10), depois de Sirlene vencer o coronavírus e ser transferida para a ala da enfermaria. A equipe multidisciplinar do hospital preparou todo ambiente da UTI Neonatal.

A mãe estava em uma cadeira de rodas e chorou na entrada ao ver a filha. Ela pôde tocar em Bianca através da abertura de entrada da incubadora. O encontro entre Sirlene e a filha durou em torno de 20 minutos.

Um vídeo gravado por funcionários do hospital mostra o momento que a mãe entra na UTI Neonatal. Veja:

Parto na UTI

Sirlene foi internada no dia 29 de abril e diante da complicação do quadro, a equipe de obstetrícia e da UTI pediátrica, passou a acompanhar o feto, decidindo pela realização da cesariana no dia 10 de maio.

“A partir do momento que a Bianca nasceu foi para a UTI Neonatal e hoje já está pesando 1,47 quilos, recebendo inclusive o leitinho de outra forma, já que a mãe não teve condições de lactar por causa da Covid-19”, explica a médica pediátrica Marlou Cristine Ferreira Dalri.

Veja mais fotos do encontro

Mãe que deu à luz em UTI Covid chora ao conhecer filha um mês depois - Divulgação/HRAV
1 6

Mãe que deu à luz em UTI Covid chora ao conhecer filha um mês depois - Divulgação/HRAV

Mãe que deu à luz em UTI Covid chora ao conhecer filha um mês depois - Divulgação/HRAV
2 6

Mãe que deu à luz em UTI Covid chora ao conhecer filha um mês depois - Divulgação/HRAV

Mãe que deu à luz em UTI Covid chora ao conhecer filha um mês depois - Divulgação/HRAV
3 6

Mãe que deu à luz em UTI Covid chora ao conhecer filha um mês depois - Divulgação/HRAV

Mãe que deu à luz em UTI Covid chora ao conhecer filha um mês depois - Divulgação/HRAV
4 6

Mãe que deu à luz em UTI Covid chora ao conhecer filha um mês depois - Divulgação/HRAV

Mãe que deu à luz em UTI Covid chora ao conhecer filha um mês depois - Divulgação/HRAV
5 6

Mãe que deu à luz em UTI Covid chora ao conhecer filha um mês depois - Divulgação/HRAV

Mãe que deu à luz em UTI Covid chora ao conhecer filha um mês depois - Divulgação/HRAV
6 6

Mãe que deu à luz em UTI Covid chora ao conhecer filha um mês depois - Divulgação/HRAV

O encontro marcou a comemoração de 30 dias da pequena Bianca. Segundo o hospital, a bebê passa bem, mas ainda não teve alta. A pediatra Marlou Cristine Ferreira Dalri explicou que a alta vai depender do quadro da recém-nascida.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Blumenau e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Saúde