Mais de 100 mil doses de vacinas contra Covid-19 chegam a SC nesta sexta

Lote chega ao Estado no início da tarde desta sexta-feira; Secretaria de Estado da Saúde iniciará vacinação em novo grupo de idosos

Santa Catarina recebe no início da tarde desta sexta-feira (26) um novo lote de vacinas contra a Covid-19. São 141.400 doses que devem pousar em solo catarinense por volta das 13h20, segundo o Ministério da Saúde. No país inteiro, serão 3,5 milhões de doses distribuídas nessa data.

Santa Catarina recebe mais de 100 mil doses de vacinas contra a Covid-19Santa Catarina já aplicou 572.421 doses de vacina – Foto: Arquivo/Prefeitura de Chapecó/Divulgação

De todo o montante recebido por Santa Catarina, 116.200 doses são da vacina Coronavac, produzida pelo Instituto Butantan. Outras 25.200 são da AstraZeneca produzidos pela Fundação Oswaldo Cruz.

As doses serão levadas a Central Estadual em São José, onde será realizada a conferência e a logística de distribuição para as 17 Regionais de Saúde de Santa Catarina. A distribuição deve ser iniciada ainda na sexta-feira.

De acordo com a Dive/SC (Diretoria de Vigilância Epidemiológica), Santa Catarina já recebeu um total de 877.590 mil doses da vacina contra a Covid-19. Com mais essa remessa, o total chegará a 1.018.990 doses recebidas.

Distribuição

Os imunizantes serão distribuídos integralmente para a aplicação da dose 1, informa a Dive. As doses servirão para dar continuidade à vacinação dos trabalhadores da saúde e dos idosos com idade entre 70 e 74 anos, e iniciar a vacinação dos idosos com idade entre 65 e 69 anos.

O Ministério da Saúde garantiu a disponibilização da dose 2 para que o esquema vacinal de duas doses seja finalizado em tempo oportuno – em um intervalo de 2 a 4 semanas no caso da vacina Sinovac/Butantan e em um intervalo de 3 meses no caso da AstraZeneca/Fiocruz.

A tabela com as doses distribuídas para cada município deve ser divulgada somente na tarde desta sexta-feira (26).

Lotes já recebidos

  • 18.01.2021 – 144.040 doses Sinovac/Butantan – Distribuído (D1: 19/01 e D2: 02/02)
  • 24.01.2021 – 47.500 doses Oxford/Astrazeneca – Distribuído (D1: 25/01)
  • 25.01.2021 – 21.600 doses Sinovac/Butantan – Distribuído (D1: 02/02 e D2: 19/02)
  • 07.02.2021 – 85.000 doses Sinovac/Butantan – Distribuído (D1: 08/02 e D2: 25/02)
  • 24.02.2021 – 59.500 doses Oxford/Astrazeneca – Distribuído (D1: 25/02)
  • 24.02.2021 – 48.200 doses Sinovac/Butantan – Distribuído (D1: 25/02 e D2: 10 e 11/03)
  • 03.03.2021 – 91.200 doses Sinovac/Butantan – Distribuído (D1: 03 e 04/03 e D2: 17 e 18/03)
  • 10.03.2021 – 86.400 doses Sinovac/Butantan – Distribuído – metade 43.200 (D1: 10 e 11/03)
  • 17.03.2021: 147.400 doses Sinovac/Butantan – Distribuído (D1: 17, 18/03 e 19/03)
  • 20.03.2021: 141.000 doses Sinovac/Butantan – Distribuído (D1: 22/03)
  • 20.03.2021: 5.750 doses Oxford/Astrazeneca – Distribuído (D1: 22/03)
  • 26.03.2021: 116.200 doses Sinovac/Butantan – Distribuído
  • 26.03.2021: 25.200 doses Oxford/Astrazeneca – Distribuído

Reunião

O governador Carlos Moisés se reuniu nesta quarta-feira (24) com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. Ele reforçou os pedidos para a ativação de novos leitos de UTI e a disponibilização de medicamentos para o chamado kit intubação.

No caso dos equipamentos, a solicitação é por 150 respiradores, 150 monitores multiparâmetros e 750 bombas de infusão. Em relação aos medicamentos, o pedido é por 89 mil unidades de Atracúrio 2,5 ml, 12 mil unidades de Propofol e 25 mil unidades de Rocurônio.

Carlos Moisés solicitou ainda um reforço de 61,9 mil doses extras de vacinas para finalizar a imunização dos trabalhadores de saúde.

+

Saúde