João Paulo Messer

Política, economia, bastidores e tudo que envolve o cotidiano e impacta na vida do cidadão de Criciúma e região.


Mais de mil idosos deixam de comparecer para vacinar em Criciúma

Número de pessoas com 60 anos ou mais, cadastradas, estão sendo procurados pelo município de Criciúma

Enquanto milhares de pessoas correm atrás da vacina da Covid-19, em Criciúma há 1.180 pessoas com 60 anos, ou mais, que fizeram o cadastro no programa Minha Vacina, mas simplesmente “desapareceram”. Eles são procurados pela Secretaria de Saúde do município. Esta busca deve se encerrar nesta quarta-feira, que é quando estará elaborado o novo cronograma de vacinados, agora para atender pessoas com comorbidades.

Pelo menos 1.180 idosos não compareceram para serem vacinados. – Foto: Sec. Saúde CriciúmaPelo menos 1.180 idosos não compareceram para serem vacinados. – Foto: Sec. Saúde Criciúma

As autoridades do município suspeitam que bom percentual dos “desaparecidos” para vacina rejeitem a imunização, seja porque não querem ser vacinados ou não querem especificamente a Astra Zeneca. Isso em virtude de algumas informações distribuídas nas redes sociais de que ela tenha sido responsável por efeitos colaterais.

Mesmo assim Criciúma está com os melhores índices de vacinação do Estado. Atingiu 95 por centos dos cadastrados. Isso significa 28.701 pessoas. Incluindo profissionais da saúde e outras prioridades elevam o total de vacinados para 54.453, números atualizados nesta terça-feira (4). Estima-se que18 por cento da população esteja imunizada.

Comorbidades

Nesta quarta-feira a Secretaria Municipal de Saúde irá divulgar os critérios para vacinação do público considerado enquadrados em “comorbidades”. Entre eles estarão os pacientes de tratamentos de hemodiálise, transplantados, deficientes com programa continuado de acompanhamento e gestantes crônicas.

Negativa

O município de Criciúma possui um cadastro denominado de Minha Vacina e nele todas as pessoas devem estar registradas. Isso permite identificar a população. Por isso a constatação de que 1.180 pessoas simplesmente não compareceram. Como no cadastro constam dados como endereço e telefone, a secretaria busca seguidamente o contato e se depara com as mais diversas alegações. Pelo menos 231 pessoas já assinaram o termo reconhecendo rejeitar receber a vacina.

Ausência

Outra ausência anotada pelo programa municipal é de 170 pessoas que tomaram a primeira dose, mas não compareceram no prazo previsto para receber a segunda dose.