Mais rígidos: veja os municípios de SC que adotaram os próprios decretos

Prefeituras de diversas cidades catarinenses optaram por restringir ainda mais as medidas de isolamento social no combate à Covid-19; confira

O governo do Estado anunciou na manhã desta sexta-feira (26) um decreto que define as regras das novas medidas de enfrentamento à Covid-19.

A partir das 23h desta sexta-feira até 6h de segunda-feira (1º),  e nos mesmos horários entre os dias 5 e 8 de março, Santa Catarina estará em lockdown com funcionamento apenas dos serviços considerados essenciais.

Por ser uma ação estadual, todos os municípios catarinenses devem seguir às imposições do governo. No entanto, cada prefeitura pode optar por aplicar regras ainda mais restritas contra a Covid-19.

É o caso de diversos municípios no Estado, que criaram novos decretos ou mantiveram os protocolos que já estavam em vigor.

Confira os municípios que anunciaram medidas mais rígidas:

Chapecó: O prefeito de Chapecó, no Oeste de Santa Catarina, João Rodrigues (PSD), confirmou no início da noite de segunda-feira (22) o “lockdown parcial”. Da meia noite desta segunda-feira (22) até o próximo domingo (28), apenas os serviços essenciais funcionarão. O município informou que o decreto segue valendo mesmo depois do decreto do governo estadual, por ter medidas mais rígidas. Confira o decreto na íntegra aqui – Foto: Willian Ricardo/ND
1 10
Chapecó: O prefeito de Chapecó, no Oeste de Santa Catarina, João Rodrigues (PSD), confirmou no início da noite de segunda-feira (22) o “lockdown parcial”. Da meia noite desta segunda-feira (22) até o próximo domingo (28), apenas os serviços essenciais funcionarão. O município informou que o decreto segue valendo mesmo depois do decreto do governo estadual, por ter medidas mais rígidas. Confira o decreto na íntegra aqui – Foto: Willian Ricardo/ND
Concórdia: O município de Concórdia, no Oeste de Santa Catarina, vai parar as atividades não essenciais por quatro dias. O lockdown parcial foi anunciado pelo prefeito Rogério Pacheco em coletiva de imprensa nesta manhã de sexta-feira (26). Ficam suspensas por tempo determinado todas as atividades não essenciais, inclusive o transporte coletivo. Os supermercados terão que tomar medidas mais restritivas, inclusive limitando o número de pessoas dentro do estabelecimento – Foto: Prefeitura de Concórdia/Divulgação/ND
2 10
Concórdia: O município de Concórdia, no Oeste de Santa Catarina, vai parar as atividades não essenciais por quatro dias. O lockdown parcial foi anunciado pelo prefeito Rogério Pacheco em coletiva de imprensa nesta manhã de sexta-feira (26). Ficam suspensas por tempo determinado todas as atividades não essenciais, inclusive o transporte coletivo. Os supermercados terão que tomar medidas mais restritivas, inclusive limitando o número de pessoas dentro do estabelecimento – Foto: Prefeitura de Concórdia/Divulgação/ND
Xanxerê: O prefeito de Xanxerê, Oscar Martarello, juntamente com a Comissão de Resposta ao Coronavírus, adotou medidas mais restritivas no município nesta quinta-feira (25). Pelo novo decreto 127/2021 fica instituída a Lei Seca no município a partir das 21h de quarta-feira (24) até as 8h do dia 1º de março, sendo proibida a venda de bebidas alcoólicas em todo o território municipal. Também foram proibidas as reuniões de pessoas para o consumo de bebida alcóolica em espaços públicos, particulares e áreas comuns de condomínios.De quinta-feira (25) até domingo (28) ficam suspensas todas as atividades industriais, comerciais e de prestação de serviços, exceto serviços públicos essenciais, farmácias, serviços de saúde públicos e privados como consultórios, clínicas, laboratórios e similares. Os postos de combustíveis podem funcionar apenas com serviço de pista, mantendo fechadas as lojas de conveniências.  – Foto: Prefeitura de Xanxerê/Divulgação
3 10
Xanxerê: O prefeito de Xanxerê, Oscar Martarello, juntamente com a Comissão de Resposta ao Coronavírus, adotou medidas mais restritivas no município nesta quinta-feira (25). Pelo novo decreto 127/2021 fica instituída a Lei Seca no município a partir das 21h de quarta-feira (24) até as 8h do dia 1º de março, sendo proibida a venda de bebidas alcoólicas em todo o território municipal. Também foram proibidas as reuniões de pessoas para o consumo de bebida alcóolica em espaços públicos, particulares e áreas comuns de condomínios.
De quinta-feira (25) até domingo (28) ficam suspensas todas as atividades industriais, comerciais e de prestação de serviços, exceto serviços públicos essenciais, farmácias, serviços de saúde públicos e privados como consultórios, clínicas, laboratórios e similares. Os postos de combustíveis podem funcionar apenas com serviço de pista, mantendo fechadas as lojas de conveniências.  – Foto: Prefeitura de Xanxerê/Divulgação
Xaxim: Após reunião com entidades, vereadores e autoridades sanitárias, o governo de Xaxim, editou novo Decreto 0134/2021 que estabelece novas medidas restritivas que serão adotadas a partir desta sexta-feira (26). O Decreto leva em consideração a atual taxa de ocupação de leitos clínicos e de UTI nos Hospitais do Estado e o considerável aumento de pessoas contaminadas pela Covid-19 no município de Xaxim. As restrições começam a valer a partir das 0h do dia 26 de fevereiro de 2021 até às 23h59 do dia 07 de março de 2021, dia em que será realizada nova reunião com a comissão de enfrentamento à Covid-19 do município. Ficam suspensas, de 26 de fevereiro até 7 de março de 2021, todas as atividades públicas ou privadas não essenciais – Foto: Ascom/ND
4 10
Xaxim: Após reunião com entidades, vereadores e autoridades sanitárias, o governo de Xaxim, editou novo Decreto 0134/2021 que estabelece novas medidas restritivas que serão adotadas a partir desta sexta-feira (26). O Decreto leva em consideração a atual taxa de ocupação de leitos clínicos e de UTI nos Hospitais do Estado e o considerável aumento de pessoas contaminadas pela Covid-19 no município de Xaxim. As restrições começam a valer a partir das 0h do dia 26 de fevereiro de 2021 até às 23h59 do dia 07 de março de 2021, dia em que será realizada nova reunião com a comissão de enfrentamento à Covid-19 do município. Ficam suspensas, de 26 de fevereiro até 7 de março de 2021, todas as atividades públicas ou privadas não essenciais – Foto: Ascom/ND
Itá: Em razão do número de pessoas contaminadas com Covid-19 e para frear o avanço da doença, a prefeitura de Itá, no Oeste de Santa Catarina, emitiu um novo decreto. As restrições passam a valer a partir desta quinta-feira (25) e seguem até o dia 7 de março. Por tempo determinado, os serviços não essenciais deverão manter-se fechados. Apenas supermercados, lanchonetes, padarias, farmácias e postos de combustíveis devem seguir as novas da Vigilância Sanitária – Foto: Prefeitura Municipal de Itá/Divulgação
5 10
Itá: Em razão do número de pessoas contaminadas com Covid-19 e para frear o avanço da doença, a prefeitura de Itá, no Oeste de Santa Catarina, emitiu um novo decreto. As restrições passam a valer a partir desta quinta-feira (25) e seguem até o dia 7 de março. Por tempo determinado, os serviços não essenciais deverão manter-se fechados. Apenas supermercados, lanchonetes, padarias, farmácias e postos de combustíveis devem seguir as novas da Vigilância Sanitária – Foto: Prefeitura Municipal de Itá/Divulgação
Garopaba: A entrada de turistas em Garopaba, um dos municípios mais visitados do Estado, só será permitida mediante a apresentação de teste negativo para Covid-19 a partir desta quinta-feira (29). A prefeitura anunciou a realização de barreiras sanitárias nas entradas da cidade, com o intuito de coibir a entrada em massa de turistas.Os moradores de Garopaba terão que apresentar comprovante de residência  – Foto: Divulgação/Prefeitura de Garopaba
6 10
Garopaba: A entrada de turistas em Garopaba, um dos municípios mais visitados do Estado, só será permitida mediante a apresentação de teste negativo para Covid-19 a partir desta quinta-feira (29). A prefeitura anunciou a realização de barreiras sanitárias nas entradas da cidade, com o intuito de coibir a entrada em massa de turistas.
Os moradores de Garopaba terão que apresentar comprovante de residência  – Foto: Divulgação/Prefeitura de Garopaba
São Domingos: Todos os serviços não essenciais, comercio, academias e restaurantes, estão fechados desde quarta-feira (24). A decisão aconteceu depois de uma reunião com prefeito, secretários, vigilância sanitária, presidente da CDL e representantes do comércio. O prefeito disse que tomou a medida devido à lotação dos hospitais que são referência em nossa região, e alto número de casos em nosso município. “Devido o cenário atual, e depois de conversas com diversas entidades, decidimos fixar o prazo de cinco dias de restrição parcial para tentarmos diminuir os casos de transmissão do vírus. Precisamos da colaboração de todos e necessitamos agirmos para dar uma freada no vírus”. O Secretário da Saúde Gustavo Valgoi fez novamente um apelo à população de São Domingos, e ressaltou sobre o toque de recolher “ toque de recolher, das 21h até as 5h, com multas mais rígidas e com maior fiscalização, do setor de vigilância Sanitária, servidores da Defesa Civil, Policia Militar, Policia Civil e bombeiros” – Foto: Divulgação/Prefeitura de São Domingos.
7 10
São Domingos: Todos os serviços não essenciais, comercio, academias e restaurantes, estão fechados desde quarta-feira (24). A decisão aconteceu depois de uma reunião com prefeito, secretários, vigilância sanitária, presidente da CDL e representantes do comércio. O prefeito disse que tomou a medida devido à lotação dos hospitais que são referência em nossa região, e alto número de casos em nosso município. “Devido o cenário atual, e depois de conversas com diversas entidades, decidimos fixar o prazo de cinco dias de restrição parcial para tentarmos diminuir os casos de transmissão do vírus. Precisamos da colaboração de todos e necessitamos agirmos para dar uma freada no vírus”. O Secretário da Saúde Gustavo Valgoi fez novamente um apelo à população de São Domingos, e ressaltou sobre o toque de recolher “ toque de recolher, das 21h até as 5h, com multas mais rígidas e com maior fiscalização, do setor de vigilância Sanitária, servidores da Defesa Civil, Policia Militar, Policia Civil e bombeiros” – Foto: Divulgação/Prefeitura de São Domingos.
São Francisco do Sul: A prefeitura publicou um decreto nesta sexta-feira (26), em que suspende as aulas presenciais em São Francisco do Sul. A medida é válida por duas semanas, até o dia 14 de março, e abrange tanto a rede municipal, como estadual e federal, em todos os níveis de ensino. Aulas em escolas de idiomas e cursos livres também estão suspensas – Foto: Gecom/Prefeitura Municipal de São Francisco do Sul/Divulgação
8 10
São Francisco do Sul: A prefeitura publicou um decreto nesta sexta-feira (26), em que suspende as aulas presenciais em São Francisco do Sul. A medida é válida por duas semanas, até o dia 14 de março, e abrange tanto a rede municipal, como estadual e federal, em todos os níveis de ensino. Aulas em escolas de idiomas e cursos livres também estão suspensas – Foto: Gecom/Prefeitura Municipal de São Francisco do Sul/Divulgação
Barra Velha: A cidade de Barra Velha, no Litoral Norte catarinense, proibiu o acesso e a permanência em praias a fim de barrar o aumento da contaminação pelo coronavírus. A medida vale por duas semanas, até o dia 15 de março. Comerciantes ambulantes também não podem permanecer nesses locais. O documento também suspendeu as aulas presenciais no município por duas semanas – Foto: Prefeitura de Barra Velha/Divulgação
9 10
Barra Velha: A cidade de Barra Velha, no Litoral Norte catarinense, proibiu o acesso e a permanência em praias a fim de barrar o aumento da contaminação pelo coronavírus. A medida vale por duas semanas, até o dia 15 de março. Comerciantes ambulantes também não podem permanecer nesses locais. O documento também suspendeu as aulas presenciais no município por duas semanas – Foto: Prefeitura de Barra Velha/Divulgação
Seara e Xavantina: s municípios de Seara e Xavantina, no Oeste de Santa Catarina, decidiram adotar lockdown de 7 dias em decorrência do agravamento da pandemia do coronavírus. O secretário de saúde de Seara, Flávio Zolet, explica que a decisão foi tomada nesta sexta-feira (26), após reunião com os municípios da região da AMAUC (Associação dos Municípios do Alto Uruguai Catarinense). O Decreto será emitido durante a tarde desta sexta-feira e ambos os municípios seguirão as mesmas medidas e orientações. Entre elas está a determinação de que a partir desta sexta-feira, em horário a ser definido e publicado no decreto, até as 23h59 do dia 07 de março (domingo) haverá paralisação das atividades não essenciais – Foto: Seara/Reprodução/ND
10 10
Seara e Xavantina: s municípios de Seara e Xavantina, no Oeste de Santa Catarina, decidiram adotar lockdown de 7 dias em decorrência do agravamento da pandemia do coronavírus. O secretário de saúde de Seara, Flávio Zolet, explica que a decisão foi tomada nesta sexta-feira (26), após reunião com os municípios da região da AMAUC (Associação dos Municípios do Alto Uruguai Catarinense). O Decreto será emitido durante a tarde desta sexta-feira e ambos os municípios seguirão as mesmas medidas e orientações. Entre elas está a determinação de que a partir desta sexta-feira, em horário a ser definido e publicado no decreto, até as 23h59 do dia 07 de março (domingo) haverá paralisação das atividades não essenciais – Foto: Seara/Reprodução/ND
+

Saúde

Loading...